nsc

Futebol

Battistotti reassume a presidência do Avaí após afastamento por problema de saúde

Recuperado, mandatário azurra retoma a liderança do clube depois de quase três meses

31/05/2020 - 15h43

Compartilhe

Kadu
Por Kadu Reis
Presidente do Avaí, Francisco Battistotti cumprimenta o vice Amaro Lúcio da Silva
Presidente do Avaí, Francisco Battistotti cumprimenta o vice Amaro Lúcio da Silva
(Foto: )

Oficialmente afastado do clube por quase três meses, o presidente Francisco Battistotti reassume as funções no Avaí nesta segunda-feira (1). O mandatário foi substituído pelo vice-presidente Amaro Lúcio da Silva em março por conta de problemas de saúde. A transmissão de cargo foi refeita na Ressacada com um cumprimento entre os dirigentes.

— Quero agradecer a todos que oraram por mim neste período de tratamento. Sou muito grato ao Amaro e a todos os colaboradores do clube. Também agradecer aos diretores, conselheiros, membros do conselho deliberativo e fiscal, torcedores azurras que solidarizaram-se comigo e a imprensa de modo geral, que manifestou votos de pronta recuperação — afirma Battistotti.

Portador de diabetes, o presidente avaiano sofreu uma isquemia no nervo trigêmio e foi internado no Hospital Baía Sul, em Florianópolis. Por conta da doença crônica - e dos 71 anos de idade -, Battistotti pertence ao grupo de risco do coronavírus e demanda cuidado especial. Ele deve cumprir expedientes na Ressacada alternadamente com o vice Amaro Lúcio.

Apesar do afastamento oficial, o presidente Francisco Battistotti se manteve ativo nas discussões do futebol catarinense em meio à pandemia de coronavírus. No último dia 12 de maio, ele esteve em reunião presencial com o governador Carlos Moisés da Silva. Na mesma semana, à distância, o presidente azurra participou do Debate Diário e argumentou sobre a liberação de treinos com o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro.

Colunistas