nsc
    santa

    Susto

    Bebê de 28 dias é salvo com ajuda dos bombeiros em Pomerode

    O menino se engasgou e precisou ser reanimado; família foi orientada pelo telefone

    21/11/2020 - 09h17 - Atualizada em: 21/11/2020 - 09h23

    Compartilhe

    Marina
    Por Marina Martini Lopes
    Após exames, foi confirmado que Davi não ficou com nenhuma sequela
    Após exames, foi confirmado que Davi não ficou com nenhuma sequela
    (Foto: )

    Um bebê de 28 dias foi salvo com a ajuda dos bombeiros, do Samu, e da família, que foi orientada por telefone e realizou os procedimentos necessários da maneira correta. O caso aconteceu em Pomerode, no Vale do Itajaí, no bairro Testo Rega, na manhã desta sexta-feira (20). O bebê, Davi Wolfart, se engasgou, tendo as vias áereas obstruídas, e precisou ser reanimado.

    Ao Jornal de Pomerode, a mãe do menino, Carina Soares Wolfart, contou que, por volta das 9h30, depois de amamentar o filho e fazê-lo arrotar, colocou-o no berço, onde ele adormeceu.

    - Algum tempo depois, vi que ele queria mamar de novo, então, quando fui trocá-lo, notei que ele tinha vomitado na roupa. - explicou. - Troquei a fralda e, quando fui buscar outra roupinha, vi que ele tinha vomitado de novo e estava bastante quieto. Quando calcei o sapatinho, vi ele todo roxo, e me desesperei.

    Carina já iniciou a manobra conhecida como tapotagem (virar o bebê de bruços, em cima do braço, com a cabeça mais baixa que o corpo, e dar leves tapinhas nas costas, na altura dos ombros), indicada por pediatras, mas Davi não reagiu. A família, então, ligou para os bombeiros, e foi atendida pelo bombeiro voluntário Márcio Schubert. Márcio orientou Carina e, em seguida, encaminhou a ligação ao Samu. Mesmo assim, o bombeiro retornou a ligação para a família após dois ou três minutos, continuando as orientações até a chegada do Samu à residência.

    - Continuei no telefone e, após cerca de um minuto, ela falou que o bebê começou a "voltar" - contou o bombeiro. - Nesse momento, senti uma sensação incrível e até me emocionei, pois, como também tenho uma filha de três meses, me coloquei no lugar da família.

    Após exames, foi confirmado que Davi não ficou com nenhuma sequela.

    *com informações do Jornal de Pomerode

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas