nsc
    dc

    Acidente

    Mãe de criança que morreu afogada após carro afundar em rio é presa no Balneário Rincão

    Motorista disse que tentou desviar de um tronco, mas Polícia afirma que ela estava embriagada

    27/07/2020 - 10h16 - Atualizada em: 28/07/2020 - 08h38

    Compartilhe

    Lariane
    Por Lariane Cagnini
    afogado
    Veiculo com placas de Criciúma foi retirado da água com o auxilio de um trator
    (Foto: )

    Foi presa em Balneário Rincão, por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, a mãe de uma criança de dois anos que morreu afogada na madrugada desta segunda-feira (27). O carro onde a criança estava afundou no Rio Araranguá, e a mãe não conseguiu soltá-la da cadeirinha, segundo relato do Corpo de Bombeiros. A polícia disse que, além de não ter Carteira Nacional de Habilitação, a mulher estava embriagada.

    Florianópolis, São José, Palhoça e Biguaçu prorrogam restrições por conta do coronavírus

    A versão contada pela mãe da criança é que ela seguia pela beira do rio quando foi desviar de um tronco de árvore e caiu na água. A motorista de 20 anos e uma outra pessoa de 18, que estava de carona, saíram do veículo, mas contaram aos bombeiros que não conseguiram soltar o cinto da cadeirinha do bebê. A mãe se recusou a fazer o testo do bafômetro, mas a polícia constatou que ela tinha bebido.

    Veja o momento em que avião cai no centro de cidade no Vale do Itajaí

    Um morador da região Barra de Ilhas, na divisa entre Rincão e Araranguá, viu o carro na água e acionou o socorro. Os bombeiros retiraram a criança, já sem vida, e depois fizeram a remoção do veículo com o auxílio de um trator. O acidente foi por volta das 5h30min desta segunda. 

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas