nsc
    santa

    Estragos

    Benedito Novo deve decretar situação de emergência por conta das chuvas

    Nível do rio ainda exige atenção das autoridades, assim como o solo encharcado

    22/01/2021 - 15h10

    Compartilhe

    Bianca
    Por Bianca Bertoli
    Na primeira casa a ser atingida pela cheia, água chegou a um metro
    Na primeira casa a ser atingida pela cheia, água chegou a um metro
    (Foto: )

    Os estragos causados pelas chuvas em Benedito Novo nesta quinta-feira (21) devem resultar em decretação de situação de emergência ainda nesta sexta (22). A prefeitura trabalha no levantamento dos locais atingidos para preparar o documento, que será enviado ao governo do Estado junto com um pedido de ajuda humanitária.

    > Receba todas as notícias de Blumenau e região no seu WhatsApp. Clique aqui.

    As informações são do coordenador da Defesa Civil do município, Flávio Holdorf. Ele conta que a água do rio que dá nome à cidade baixou durante a madrugada. Assim, no final desta manhã o nível estava em 4,02 metros (são necessários 4,60m para atingir a primeira casa).

    — O rio transbordou em função do alto volume de chuva em um curto espaço de tempo — explica.

    No pico, o Rio Benedito chegou a 5,42 metros às 9h desta quinta. A partir das 11h do mesmo dia a água começou a baixar. Holdorf conta que naquela manhã, em um intervalo de quatro horas, choveu 84 milímetros. Depois, com o fenômeno caindo de forma mais fraca, a situação estabilizou.

    > Blumenau enfrenta risco de enchente sem estações telemétricas e a régua da Beira-Rio

    Toda a cidade foi afetada de alguma forma e ao menos 50 famílias tiveram as casas atingidas, mas as inundações não foram como nas enchentes de 2011 e 2014, por exemplo, quando o nível do rio passou dos 7 metros. Os maiores problemas foram gerados pelos deslizamentos.

    Deslizamentos ocupam equipes municipais
    Deslizamentos ocupam equipes municipais
    (Foto: )

    Estradas e pontes foram danificadas por quedas de barreiras. Alguns locais no interior ainda seguem sem acesso. As equipes trabalham para retirar o que é possível. Para a recuperação desses pontos públicos é que o município precisará de ajuda orçamentária, por isso a necessidade de decretar situação de emergência, o que facilita a captação de recursos.

    Abrigos

    Uma residência foi destruída por um deslizamento, mas estava desocupada e não houve feridos. Outra foi invadida por uma árvore. A família foi levada para um abrigo, mas poderá voltar, já que o ocorrido não comprometeu a estrutura. Ambos os casos ocorreram na localidade Baixo Santa Maria.

    Um abrigo foi improvisado no salão de uma igreja, já que os ginásios de esportes que normalmente são utilizados para isso estão com a cobertura quebrada desde novembro do ano passado por causa de uma queda de granizo.

    Como o nível do rio está baixando lentamente e a previsão é de tempo instável até a próxima semana, as equipes continuam de prontidão.

    — Estamos em estado de atenção. Pedimos que a população acompanhe os boletins meteorológicos e procure a prefeitura (47 3385-0487) se for preciso — ressalta o coordenador.

    Leia também

    > Idosa de 102 anos é vacinada contra o coronavírus no dia do aniversário, em Blumenau

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas