O empresário americano Bill Gates, confundador da Microsoft e multibilionário, diz entender que a inteligência artificial tornará a vida das pessoas mais fácil nos próximos cinco anos. Em entrevista à CNN, ele ainda minimizou os eventuais riscos promovidos pela tecnologia no mundo do trabalho.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

A fala ocorreu em Davos, que recebe o Fórum Econômico Mundial, ao ser questionado sobre a análise recente do Fundo Monetário Internacional (FMI) de que 40% dos empregos globais devem ser alterados pela inteligência artificial, com uma preocupante tendência de agravamento da desigualdade geral.

— Tal como tínhamos [com] a produtividade agrícola em 1900, as pessoas pensavam: “Ei, o que é que as pessoas vão fazer?” Na verdade, muitas coisas novas, muitas novas categorias de emprego foram criadas e estamos muito melhor do que quando todo mundo fazia trabalho agrícola. Vai ser assim — afirmou.

A gigante de tecnologia da qual ele é acionista, a Microsoft, é parceira da OpenIA, criadora do ChatGPT. Gates diz entender que o chatbot da empresa se tornará um verdadeiro assistente pessoal em sua quarta versão, com maior facilidade de acesso a novas funcionalidades pelo celular e computador. Isso deve permitir resultados fantásticos se incorporado nos próximos anos pela saúde e a educação, segundo ele.

Continua depois da publicidade

— É quase como ter um colarinho branco para ser seu tutor, para dar conselhos de saúde, para ajudar a escrever código, para ajuda com chamadas de suporte técnico — disse Bill Gates na entrevista à CNN, na qual usou como exemplo o caso de médicos que poderiam usar o chatbot para trabalhos de escrita.

O multibilionário americano ainda ponderou que as ferramentas generativas, caso do ChatGPT, também poderão ser usadas por criminosos. A preocupação é tema do próprio evento em Davos, em que líderes mundiais discutem como a tecnologia deve afetar as democracias e precisará ser regulada.

— Os bandidos serão mais produtivos — afirmou Gates em entrevista à agência Bloomberg.

Leia mais

Trump chama imigrantes de terroristas e promete deportação em massa se for eleito nos EUA

Lula assina lei que cria bolsa profissionalizante para pessoas em situação de rua

Destaques do NSC Total