nsc
santa

Prefeitura de Blumenau

Blumenau está entre as 20 cidades mais inteligentes do Brasil

A cidade mais importante do Vale do Itajaí investe em tecnologia para simplificar e agilizar serviços oferecidos pelo poder público municipal

24/09/2021 - 15h48

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Blumenau tem importantes investimentos para manter desenvolvimento pleno
Blumenau tem importantes investimentos para manter desenvolvimento pleno
(Foto: )

Segundo o 7º Ranking Connected Smart Cities, que mapeia as cidades com maior potencial de desenvolvimento no Brasil, Blumenau é a 16ª cidade mais inteligente do país e a 4ª da região sul. A posição é fruto da avaliação elaborada pela Urban Systems, em parceria com a Necta, durante o período de julho de 2020 a junho de 2021. O ranking considera todos os 677 municípios com mais de 50 mil habitantes e tem o objetivo de apresentar as cidades mais inteligentes e conectadas de acordo com 75 indicadores.

> Retomada econômica: Blumenau prorroga programa de Juro Zero para empreendedores

O objetivo da Prefeitura de Blumenau é ser uma cidade inteligente com foco no cidadão, facilitando e dando mais agilidade para os serviços oferecidos, incluindo a melhoria integrada da mobilidade urbana, a conectividade e o desenvolvimento econômico.

A meta agora é figurar entre as dez cidades mais inteligentes e, por conta disso, Blumenau iniciou neste ano o projeto “Blumenau Cidade Inteligente”. Uma comissão foi formada com servidores de todas as secretarias para fazer o diagnóstico e elaborar projetos em diversas áreas, criando assim o “Plano Blumenau Cidade Inteligente”, que será concluído nos próximos meses com a participação de representantes de entidades, organizações não governamentais, lideranças e empresas de diversos setores.

Desenvolvimento ativo

Entre os fatores que contribuíram para o ranqueamento de Blumenau como Cidade Inteligente estão a mobilidade urbana, economia e governança.

> Exposição do Santa no Neumarkt Shopping lembra os 50 anos do jornal

No caso de mobilidade, a ampliação das ciclovias apresentou o principal avanço, com Blumenau passando de 100 quilômetros de malha cicloviária.

Na economia, destaque para formalização dos Microempreendedores Individuais (MEI), chegando a um crescimento de 25% no período da avaliação. É importante lembrar que Blumenau executou o Plano de Recuperação da Economia em 2020, que facilitou, entre outras iniciativas, o acesso ao crédito por meio do Programa Juro Zero.

Mais segurança e agilidade

Com tecnologia, o município também buscou ampliar as ferramentas de segurança. A Central de Controle Operacional é responsável pela recepção de imagens e informações 24 horas por dia que auxilia na tomada de decisões nos níveis estratégico, tático e operacional, além de atuar em pontos com índices elevados de acidentes, locais de grande fluxo ou congestionamento, entradas e saídas de anéis viários, entre outros locais. Ao todo, são 305.

Semáforos Inteligentes com botoeiras sonoras que permitem a travessia em segurança. Além disso, o Sistema de Circuito Fechado de TV (CFTV), dedicado à segurança viária, e o Sistema de Detecção Automática de Incidentes (DAI), possibilitam a identificação de locais com trânsito lento ou parado, emitindo alertas automáticos aos usuários para que busquem rotas alternativas ou alterem o plano de deslocamento.

O sistema conta ainda com um Cinturão de Monitoramento composto por 90 câmeras, softwares e sensores para identificação automática de caracteres das placas, que permite identificar roubos, documentações irregulares e medidas como busca e apreensão.

> Jornal mais tradicional do Vale do Itajaí comemora 50 anos com calendário de ações junto à comunidade

Esse sistema também permite monitorar informações como quantos veículos entram e saem da cidade, em que dias e horários e por quais bairros se deslocam. A tecnologia também é utilizada para garantir mais transparência e segurança nas abordagens. O Talonário Eletrônico, que permite o registro de Autos de Infração de Trânsito (AIT) e demais ocorrências de maneira informatizada já está sendo utilizado pela Guarda Municipal de Trânsito, que conta com 45 equipamentos portáteis, somando-se a isso as 83 câmeras acopladas ao corpo, que trazem mais segurança aos agentes e à comunidade.

Governo Sem Papel

Outro projeto de destaque, o “Governo Sem Papel” tem a missão de digitalizar processos e serviços municipais, com o objetivo de aprimorar a tramitação interna e agilizar o atendimento da população. Também visa promover a sustentabilidade e economia de recursos públicos com a redução de consumo de papel e de documentos impressos.

> Santa é o jornal mais premiado do Estado

Já foram automatizados 57 processos, sendo a maior parte ligada ao atendimento do público externo, o que gerou uma redução no tempo de tramitação dos processos em pelo menos 50% e possibilitou que quase 370 mil folhas de papel deixassem de ser impressas.

Blumenau foi um dos primeiros municípios do país a utilizar a ferramenta de assinatura eletrônica do governo federal por meio da Rede Gov.Br, permitindo a assinatura digital nos processos do município de forma gratuita e com valor jurídico.

Com isso, tanto cidadãos como servidores de diversos setores podem assinar documentos de forma eletrônica, o que resultou numa economia de aproximadamente R$ 300 mil ao ano, que seriam gastos caso o município precisasse pagar por certificados digitais e por uma plataforma própria.

A utilização da ferramenta permite que a cidade automatize serviços mais complexos e que exijam confirmação de autoria, como parcelamento de impostos e solicitação de alvarás. Com isso, o cidadão pode abrir processos sem precisar ir até a Prefeitura para assinar pessoalmente um documento.

Confira o especial do Santa 50 anos.

Leia também

Confira 50 capas históricas do Santa

Relembre a linha do tempo do Santa, o jornal mais premiado do Estado

Colunistas