nsc
santa

Tempo 

Blumenau tem o mês de abril mais seco desde 1981, aponta Ceops 

Choveu desde o dia 1º apenas 15,9 milímetros, muito abaixo da média que é de 101,7 milímetros 

27/04/2020 - 10h16 - Atualizada em: 27/04/2020 - 12h43

Compartilhe

Augusto
Por Augusto Ittner
Situação próximo à Ponte de Ferro.
Situação próximo à Ponte de Ferro.
(Foto: )

Em meio à estiagem que atinge Santa Catarina, Blumenau registra o abril mais seco desde 1981, segundo o Centro de Alerta da Bacia do Rio Itajaí-Açu, o Ceops da Furb. Do dia 1º a 27 deste mês a precipitação acumulada é de 15,9 milímetros, muito abaixo da média da série histórica que é de 101,7 milímetros (entenda abaixo esses índices).

Segundo dados do Sistema de Alerta de Eventos Extremos de Blumenau (AlertaBlu), o rio chegou à marca de apenas 5 centímetros às 11h de domingo (26), seguido por 6 centímetros às 13h. Na madrugada desta segunda-feira (27), à 0h e à 1h, o nível atingiu 21 e 20 centímetros, respectivamente.

Esses dados de Blumenau contrastam com os meses mais seco e mais chuvoso da história do município: maio de 1995, 4,5 milímetros, e novembro de 2008 (período da tragédia), 1.001,7 milímetros durante os 30 dias. A preocupação é por conta da sequência do período de estiagem no Vale do Itajaí.

> Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

O meteorologista da NSC, Leandro Puchalski, explica que há condição para chuva entre a tarde de quinta-feira (30) e a sexta-feira (1º), porém “os volumes não são grandes e ela será mal distribuída”, diz o especialista. De acordo com Puchalski, é preciso acompanhar o início do mês de maio para projetar um possível alívio nesse período de seca.

Leia também: Estiagem em Santa Catarina já é a pior desde 2006, segundo a Epagri

E mais: Perdas com estiagem são estimadas em R$ 386 milhões em Santa Catarina

— É importante monitorarmos o dia 5 para 6. A formação de uma frente fria no Sul do Brasil poderá trazer volumes maiores, mas é algo a ser confirmado — ressalta o meteorologista.

Mesmo com essa situação, pelo menos por enquanto, não há previsão de que possa haver problemas no abastecimento de água, conforme o Samae.

O que é "milímetro de chuva"

Órgãos oficiais e veículos de imprensa sempre usam o "milímetro" para se referir à chuva. Mas, afinal de contas, quanto isso corresponde na prática?

A gente explica: conforme o Sistema Internacional de Unidades, 1 milímetro equivale a 1 litro de água que se acumulou sobre uma superfície de 1 metro quadrado.

Ou seja, se choveu 20 milímetros durante uma hora, significa que o equivalente a uma bombona grande água foi despejada em um metro quadrado (100cm x 100cm) nesse período de tempo.

Em Indaial, fotos da seca repercutem

Fotos e vídeos que foram publicados nas redes sociais neste fim de semana mostram a situação do Rio Itajaí-Açu, em Indaial, em meio à estiagem que atinge Santa Catarina. As imagens foram feitas por José Dias e Marco Antônio Fermiano, e contrastam as pedras com a Ponte dos Arcos e a Ponte Nova, símbolos da cidade. Clique aqui e veja os detalhes

Situação no Itajaí-Açu, em Indaial.
Situação no Itajaí-Açu, em Indaial.
(Foto: )

Colunistas