nsc
dc

Pagamento

Bolsa Família: Veja o calendário de pagamentos do auxílio emergencial de maio

Recebimento da auxílio segue o mesmo padrão do programa social

18/05/2021 - 14h53 - Atualizada em: 01/07/2021 - 09h42

Compartilhe

Maria Eduarda
Por Maria Eduarda Dalponte
Beneficiários do Bolsa Família recebem segunda parcela do auxílio emergencial
Beneficiários do Bolsa Família recebem segunda parcela do auxílio emergencial
(Foto: )

Os trabalhadores que fazem parte do Bolsa Família e têm direito ao auxílio emergencial recebem a 2ª parcela do benefício entre os dias 18 e 31 de maio. A ordem de pagamento depende do dígito final do NIS e segue o calendário regular estabelecido pelo programa social – sempre nos últimos 10 dias úteis de cada mês.

> Aumento no Bolsa Família? Bolsonaro diz que vai reajustar valor do benefício até setembro

> Receba notícias de Santa Catarina por WhatsApp

O auxílio emergencial só é depositado ao beneficiário se o valor for superior ao benefício do programa social. Para quem recebe por meio da Poupança Social Digital, os recursos podem ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem ou na Rede Lotérica de todo o Brasil. Ainda é possível sacar o valor a qualquer hora por meio do Cartão Bolsa Família ou Cartão Cidadão.

Calendário da 2ª parcela do auxílio emergencial para o Bolsa Família

Calendário de pagamento do auxílio emergencial aos beneficiários do Bolsa Família
Calendário de pagamento do auxílio emergencial aos beneficiários do Bolsa Família
(Foto: )

Dúvidas

O beneficiário pode tirar suas dúvidas e questionamentos por meio da central telefônica 111 da Caixa, de segunda a domingo, das 7h às 22h. O banco também disponibiliza, o site auxilio.caixa.gov.br.

Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso. O beneficiário recebe o maior valor, seja a parcela paga no programa, seja a do Auxílio Emergencial.

> Florianópolis: saiba quem pode receber o Auxílio Emergencial da prefeitura

O valor médio do benefício é de R$ 250, variando de R$ 150 a R$ 375, a depender do perfil do beneficiário e da composição de cada família.

  • As famílias, em geral, recebem R$ 250;
  • A família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375;
  • Pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Leia também

Quem são os homens mortos por serial killer em SC e no PR

Vídeo: deputado bolsonarista dá soco em petista em comissão

"Orem por nós", diz jornalista palestina que mora em SC

Colunistas