nsc
dc

Pandemia

Bolsonaro ameaça baixar decreto para abrir comércio: "Poder de força"

Presidente voltou a criticar restrições e afirmou que “se tiver que baixar decreto [para reabrir comércios], ele será cumprido”

05/05/2021 - 15h25

Compartilhe

Metrópoles
Por Metrópoles
Bolsonaro voltou a criticar restrições e ameaçou editar decreto para permitir abertura do comércio
Bolsonaro voltou a criticar restrições e ameaçou editar decreto para permitir abertura do comércio
(Foto: )

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ameaçou nesta quarta-feira (5) baixar um decreto para reabrir as atividades comerciais.

– Se tiver que baixar decreto [para reabrir comércios], ele será cumprido. E ninguém vai contestar – disse.

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

– Nas ruas, já se começa a pedir, por parte do governo, que ele baixe um decreto. E se eu baixar um decreto, vai ser cumprido, não será contestado por nenhum tribunal, porque ele será cumprido. E o que constaria no corpo desse decreto? Constariam os incisos do art. 5º da Constituição – afirmou. O artigo mencionado trata do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade.

Bolsonaro chegou a afirmar que quer liberdade de cultos, direito de ir e vir e chegou a falar em "poder de força" dos 23 ministros para fazer cumprir eventual decreto. A fala ocorreu no Palácio do Planalto, na abertura da Semana Nacional das Comunicações. 

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total

* Por Flávia Said

Leia também

> Um dia após ataque a creche em SC, polícia ainda tenta entender motivações do crime

> Paulo Gustavo será cremado com presença da família e amigos próximos

> Respiradores: Estado pede que empresário devolva R$ 33 milhões e pague indenização

Colunistas