nsc
    hora_de_sc

    Morte

    Briga pelo fim de festa teria motivado duplo homicídio em São José

    Uma mulher foi presa e três suspeitos seguem foragidos

    12/01/2021 - 19h20 - Atualizada em: 12/01/2021 - 19h25

    Compartilhe

    Catarina
    Por Catarina Duarte
    Mulher presa teria ameaçado vítima com uma faca minutos antes do assassinato
    Mulher presa teria ameaçado vítima com uma faca minutos antes do assassinato
    (Foto: )

    Uma briga sobre a continuidade de uma confraternização teria motivado um duplo homicídio em São José, na Grande Florianópolis. O caso aconteceu na véspera de Natal do ano passado na parte de fora de um salão de festas no bairro Serraria. Uma mulher foi presa e três suspeitos seguem foragidos. 

    As vítimas são dois homens de 26 e 37 anos. Segundo o delegado Felipe Simão Gomes, da Divisão de Investigação Criminal de São José, a discussão começou entre a esposa do homem de 37 anos e um dos suspeitos. O motivo teria sido um comentário sobre a falta de dinheiro para dar continuidade à festa feito pelo agressor à mulher.

    Houve então uma briga física entre os homens. A esposa do suspeito teria então ameaçado a vítima com uma faca. Outro homem também teria se envolvido na briga e, após o desentendimento, o trio se retirou do local. 

    Cerca de 20 minutos depois, ele voltou com um terceiro homem de 20 anos, que não era funcionário da empresa, até o local da confraternização. O crime teria acontecido neste momento.

    > Homem com perna engessada assalta posto de gasolina em Florianópolis

    O homem de 37 foi esfaqueado dentro de seu próprio carro. Já a segunda vítima, um homem de 20 anos, foi morto ao tentar apartar a briga. Os autores das facadas fugiram do local em um Renault Duster branco.

    A esposa de um dos suspeitos foi presa no dia 4 de janeiro. Ela foi indiciada por tentativa de homicídio e outros três homens por homicídio. Até a noite desta terça-feira (12), eles continuavam foragidos. 

    Leia mais:

    Justiça manda interditar Shed e La Belle em Balneário Camboriú e determina multa de R$ 400 mil

    SC chega a 5707 mortes pelo coronavírus e 526 mil casos confirmados

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas