O estado de saúde de Bruce Willis ganhou uma nova atualização. Em entrevista à revista alemã Bild, uma prima do astro informou que ele está com dificuldades de se movimentar e para reconhecer familiares. Na semana passada, a família fez um comunicado, informando que Willis foi diagnosticado com demência frontoremporal.

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Wifried Gliem, prima de Marlene Willis, mãe do ator, afirmou ao Bild que que esta “não tem certeza se o filho a reconhece”. Além disso, Wifried conta que os movimentos de Willis “são muito lentos, com uma agressividade constante”.

— Não é mais possível manter uma conversa normal. Esse comportamento é típico de pacientes que sofrem da mesma condição — explicou ela.

Conhecida pela sigla FTD, a demência frontotemporal foi detalhada pela esposa de Willis, Emma, em comunicado na semana anterior.

Continua depois da publicidade

— FTD é uma doença cruel da qual muitos de nós nunca ouvimos falar e pode atingir qualquer pessoa. Para pessoas com menos de 60 anos, a FTD é a forma mais comum de demência e, como o diagnóstico pode levar anos, a FTD provavelmente é muito mais prevalente do que sabemos. Hoje não há tratamentos para a doença, uma realidade que esperamos que possa mudar nos próximos anos —pontua.

Leia também

Como Bruce Willis fez divisão de herança antes de diagnóstico de demência

Bruce Willis se aposenta do cinema por causa de afasia, doença degenerativa

Governo Lula define percentuais de reajuste sobre gasolina e etanol

Destaques do NSC Total