Imagens mostram as buscas pelo bombeiro que desapareceu na manhã desta quinta-feira (1º) ao cair no Rio Itajaí-Açu, em Navegantes. Mergulhadores foram mobilizados e várias embarcações estão sendo usadas pelos socorristas para percorrer a área onde o militar submergiu.

Continua depois da publicidade

> Receba notícias de Navegantes e região direto no Whatsapp.

Além dos bombeiros de Navegantes, há socorristas de Itajaí e Balneário Camboriú envolvidos na operação de busca, bem como profissionais da Marinha do Brasil e da Polícia Federal.

O bombeiro desapareceu na ponta do molhe, no canal que dá acesso aos portos de Itajaí e Navegantes.

O governador Carlos Moisés destacou em entrevista que há muita correnteza em virtude das chuvas que atingem o Estado há uma semana, o que dificulta as buscas. Outra situação preocupante é que, apesar de o bombeiro ter caído no rio, foi em um ponto perto do mar, para onde o militar pode ter sido arrastado.

Continua depois da publicidade

No começo da tarde desta quinta-feira (1º) a chuva tinha dado uma trégua na região, mas o mar seguia bastante agitado.

Sobre o desaparecimento

Por volta das 6h o Corpo de Bombeiros foi chamado para retirar um corpo avistado no Rio Itajaí-Açu, em Navegantes. O militar foi ao local junto de um guarda-vidas civil atender a ocorrência com o auxílio de uma embarcação particular pequena, de um pescador.

Em nota, os bombeiros disseram que devido ao grande volume de água da chuva, durante o retorno houve uma forte correnteza que virou a embarcação. O guarda-civil conseguiu salvar o pescador, porém o bombeiro desapareceu. O cadáver que havia sido resgatado também permaneceu no barco.

Leia mais

Vítima de soterramento em Brusque tentava tirar terra do quintal quando morreu

Santa Catarina vai decretar situação de emergência por conta das chuvas

Blumenau registra 22 deslizamentos na madrugada e soma chuva de 2 meses em seis dias

Destaques do NSC Total