Um homem de 45 anos morreu na tarde desta sexta-feira (19) em um obra na cidade de Bombinhas, no Litoral Norte de Santa Catarina. O cabo de aço do andaime suspenso onde o empreiteiro estava se rompeu e ele caiu de uma altura de aproximadamente 15 metros, segundo o Corpo de Bombeiros Militar. Quando o socorro chegou, já não havia mais o que ser feito.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Itajaí e região por WhatsApp

De acordo com a Polícia Militar, o empreiteiro estava sem equipamentos de proteção individual no andaime suspenso junto com o pedreiro. Ele teria tentado movimentar a estrutura usando um martelo e nesse momento o cabo se rompeu e o andaime cedeu. O pedreiro que estava com ele só escapou porque ficou preso à corda de segurança, cujo uso é obrigatório para trabalho em altura.

(Foto: PM, Divulgação)

O acidente ocorreu na obra de construção de uma casa no Condomínio Panorâmico, no Centro de Bombinhas. Além da altura do imóvel, havia ainda uma ribanceira onde a vítima caiu. Os bombeiros encontraram o homem com múltiplas faturas e o Samu também foi acionado, mas ele morreu na hora. As polícias Civil e Científica estiveram no local.

Informações do Observatório de Segurança e Saúde do Trabalho apontam que um trabalhador morre a cada três horas no Brasil. Dados divulgados pelo governo federal em 2023 revelam que, em 2022, o número total de acidentes de trabalho no país foi de 612,9 mil, o que resulta na média de 69 acidentes por hora ou 1,15 acidente por minuto. No ano passado, do total de acidentes, 2.538 resultaram em mortes de trabalhadores e quase 19 mil em incapacitações permanentes.

Continua depois da publicidade

Leia mais

Vida aparentemente pacata de pintor em Itajaí escondia foragido por 4 assassinatos

“Mula” do tráfico é presa com supermaconha a caminho de Balneário Camboriú

Destaques do NSC Total