nsc
dc

Maus-tratos

Cachorros sob maus-tratos são resgatados em Cunha Porã e dono acaba preso

Cães estavam presos e não tinham água nem comida à disposição

10/05/2022 - 07h27 - Atualizada em: 10/05/2022 - 12h24

Compartilhe

Joana
Por Joana Caldas
Paulo
Por Paulo Batistella
Cachorro mais debilitado apresentava desnutrição severa
Cachorro mais debilitado apresentava desnutrição severa
(Foto: )

Quatro cães submetidos a situação de maus-tratos foram resgatados em uma propriedade de Cunha Porã, no Oeste de Santa Catarina, em operação policial nesta segunda-feira (9). O responsável pelos animais, um homem de 71 anos, chegou a ser preso, mas acabou liberado após audiência de custódia.

Receba notícias do DC via Telegram

Um dos cães tinha desnutrição severa, segundo a Polícia Civil, que organizou a operação em parceria com a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc). A fiscalização surgiu a partir de uma denúncia anônima, segundo o G1.

O animal mais debilitado tinha feridas pelo corpo e apresentava possivelmente cegueira em um dos olhos. Ele foi encontrado preso a uma corrente e sem coleira, assim como uma fêmea adulta também resgatada no local, mãe de dois cachorros filhotes, que estavam soltos.

— Ela tinha um ferimento no pescoço já sem pêlo por causa da corrente — afirmou o delegado João Miotto, à frente da operação policial. Ainda segundo ele, não havia água nem comida à disposição dos cães, que foram levados a uma clínica veterinária após o resgate e devem ser colocados para adoção.

Sem antecedentes criminais, o idoso responsável pelos cães foi liberado pela Justiça e terá de cumprir agora medidas cautelares. Ele foi ainda notificado pela Cidasc por ter nove bovinos na propriedade que não estavam com brinco de identificação no momento da fiscalização — esses animais, no entanto, vão poder permanecer no local.

Leia mais

Cachorro ilhado em enchente é resgatado em prancha de stand up em SC; veja vídeo

Cachorro de SC viaja o mundo após diagnóstico de doença crônica

“Porco-aranha” de oito patas nasce no Oeste de SC e vira alvo de pesquisa; veja vídeo

Colunistas