O auge do calor na Grande Florianópolis deve ser sentido no final de domingo (11) e início de segunda-feira (12) de Carnaval, quando as temperaturas ultrapassam os 35°C na região. Santa Catarina enfrenta uma onda de calor desde o início da semana provocada por um sistema de alta pressão. 

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Em nível estadual, as temperaturas na segunda-feira podem ultrapassar os 40°C, principalmente nos municípios do Oeste, que fazem fronteira com a Argentina. 

Veja a previsão do tempo para os dias de Carnaval em Santa Catarina

Segundo o meteorologista Marcelo Martins, da Epagri/Ciram, a condição de calor extremo em Santa Catarina deve predominar durante todo o Carnaval. Na segunda-feira (5), conforme dados da Defesa Civil, Itapiranga, no Extremo Oeste do Estado, chegou a bater 41°C.

Continua depois da publicidade

Entretanto, na terça-feira (13), a chuva volta a atingir Santa Catarina devido a uma frente fria que atua no Rio Grande do Sul, combinada com calor e umidade, informa a Defesa Civil. 

Veja fotos do calor em SC

Como se proteger do calor no Carnaval 

Para amenizar os efeitos negativos das altas temperaturas, alguns cuidados são fundamentais, principalmente com a alta exposição ao sol nos blocos de Carnaval e na praia. Veja algumas dicas de como se proteger nesta onda de calor:

  • Hidratação

O principal cuidado é beber bastante água, mesmo antes de sentir sede, para manter o corpo hidratado. Além disso, a água também ajuda a manter a temperatura do corpo mais resfriada, reduzindo os riscos de uma insolação. A recomendação é ingerir entre dois e três litros de água em pequenas quantidades ao longo do dia.

Continua depois da publicidade

Calor intenso pode causar desidratação e doenças cardiorrespiratórias; médico explica como se proteger

  • Alimentação

Manter uma alimentação balanceada durante os dias mais quentes também ajuda a prevenir as consequências negativas do forte calor no organismo. Os alimentos pesados e muito gordurosos devem ser evitados, porque têm o processo de digestão mais lento e demandam mais energia do corpo.

  • Prática de exercícios físicos e exposição ao sol

A exposição ao sol deve ser evitada das 10h às 16h. Além do risco de desidratação, a radiação ultravioleta neste período é intensa, o que pode causar queimaduras na pele e até insolação. Os exercícios físicos não são recomendados durante o período mais quente do dia, devendo ser feitos bem cedo pela manhã ou no final da tarde, quando as temperaturas não são tão elevadas.

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC.

Continua depois da publicidade

Leia mais

Inmet emite alerta para onda de calor intenso em SC

O que acontece no corpo quando sentimos muito calor

Quem é Nelson, zelador que é o defunto do Enterro da Tristeza há 17 anos

Destaques do NSC Total