nsc
santa

Sem procedência

Camelódromo de Balneário Camboriú é alvo de operação e 4 toneladas em produtos são recolhidas

Material passará por perícia e comerciantes serão ouvidos pela polícia

08/12/2021 - 14h49

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Vídeo mostra mercadorias sendo recolhidas em caminhão
Vídeo mostra mercadorias sendo recolhidas em caminhão
(Foto: )

O camelódromo de Balneário Camboriú foi alvo de uma operação conjunta entre Receita Estadual, Federal, Polícia Civil, Procon e Conselho Estadual de Combate à Pirataria. O trabalho ocorreu na manhã desta quarta-feira (8).

No local foram cumpridos 66 mandados de busca e apreensão em diferentes lojas. O material recolhido era, em grande parte, roupas e eletrônicos. 

> Acesse para receber as notícias do Santa por WhatsApp

Estima-se que cerca de quatro toneladas de produtos contrabandeados, falsificados e sem notas fiscal foram tirados de apreendidos na operação. 

Um caminhão chegou a ser usado e saiu do camelódromo carregado de mercadorias. Pessoas que estavam próximas ao local, no Centro da cidade, registraram em vídeo (veja abaixo) os materiais sendo recolhidos. 

Os produtos serão periciados e os comerciantes devem prestar depoimento à polícia, segundo o delegado Pedro Mendes, da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic). 

Ninguém foi preso durante a ação.

Dados da da Associação Brasileira de Combate à Falsificação, publicados pelo g1, apontam que, em um ano, o Brasil perdeu R$ 260 bilhões por conta de falsificações e contrabando. Isso sem contar o prejuízo aos consumidores, com produtos de baixa qualidade e sem garantia. 

Leia também

> Família se despede das crianças de Balneário Camboriú mortas em rodovia de SC

> Empresário é assassinado pelo sócio que liga para PM e tenta fingir assalto em SC

> Tubarões somem das proximidades de BC após fim da obra de alargamento

Colunistas