nsc
dc

Cuidado!

Caminhoneira e youtuber de SC faz alerta sobre golpe contra categoria: "Estão atacando"

Aline Fucther conta que foi cadastrar seus dados no Caixa Tem para receber auxílio dos caminhoneiros, mas alguém já estava usando seu CPF

05/08/2022 - 08h58

Compartilhe

Sofia
Por Sofia Mayer
Catarinense sofreu um grave acidente em janeiro
Catarinense sofreu um grave acidente em janeiro
(Foto: )

A caminhoneira e youtuber catarinense Aline Fuchter publicou em seu canal do Youtube um alerta sobre o golpe contra a categoria no recebimento do auxílio emergencial para caminhoneiros. Pelo menos 115 mil pessoas já tinham visualizado o vídeo na tarde desta quinta-feira (4). As informações são do g1.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

A influencer conta que tentou fazer o cadastro no aplicativo Caixa Tem, plataforma usada para receber os benefícios do governo, quando percebeu que o seu CPF já estava sendo usado por outro usuário.

— Descobri que tem uma conta que não é minha, com um e-mail que não é meu, cadastrada com meu CPF. Então, algum estelionatário baixou esse Caixa Tem e fez um cadastro como se fosse eu para receber esse beneficio — comentou.

O benefício da categoria é de R$ 1 mil mensais, concedido a caminhoneiros autônomos, e ficou conhecido pela categoria como 'Pix Caminhoneiro'. 

— Querendo ou não, não vai fazer nem cócegas, porque com o aumento de três reais não dá para nada. Mesmo assim é um dinheiro que todo mundo quer receber — falou.

A catarinense voltou a viajar cinco meses após o grave acidente que sofreu no Mato Grosso. Moradora de Tubarão, no Sul de Santa Catarina, Aline ainda comentou que a situação de golpe acontece também com outros colegas. 

— Todo lugar que a gente vai carregar [os caminhões], damos nossos dados, estão ali escancarados. É geral que estão atacando — falou.

A Polícia Civil foi procurada, mas não retornou até a publicação desta matéria.

Auxílio a caminhoneiros

Uma portaria publicada no "Diário Oficial da União" da quarta-feira (3) regulamentou o Benefício Emergencial aos Transportadores Autônomos de Carga (BEm Caminhoneiro). Ficou definido que o auxílio será pago por meio de poupança social digital, operacionalizado pela Caixa Econômica Federal, por meio do aplicativo Caixa Tem.

O benefício deve ser pago para cerca de 900 mil transportadores.

Leia também

Auxílio-caminhoneiro pode ser pago a 50 mil em SC; veja opiniões sobre o benefício

Caminhoneira de SC vai passar por nova cirurgia, mas estado de saúde é estável, diz amiga

Pix caminhoneiro é visto como boa ajuda em SC, mas não supera críticas ao diesel

Colunistas