nsc
santa

Segurança

Candidata a vereadora de Blumenau é presa em operação que apreendeu 190 quilos de maconha

Outras duas pessoas foram detidas em um depósito de drogas localizado na Itoupava Central

27/10/2020 - 09h02 - Atualizada em: 27/10/2020 - 17h48

Compartilhe

Augusto
Por Augusto Ittner
Droga estava em um dos cômodos da casa onde ocorreu a operação.
Droga estava em um dos cômodos da casa onde ocorreu a operação.
(Foto: )

Três pessoas foram presas na noite desta segunda-feira (26) em Blumenau com mais de 190 quilos de maconha. Entre elas está uma candidata a vereadora da cidade nas Eleições 2020, identificada como Noemi da Silva (PL). Ela foi detida e encaminhada à Central de Polícia para prestar esclarecimentos sobre um depósito de drogas localizado pela PM por volta das 22h. A defesa de Noemi nega qualquer envolvimento com o caso.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

A operação — tratada como a maior apreensão de drogas no ano em Blumenau — ocorreu na Rua Erich Belz, na Itoupava Central, uma transversal da Pedro Zimmermann e que faz ligação com a Rua Jacob Ineichen. A PM recebeu a denúncia de que o local seria usado para embalar, guardar e comercializar maconha na Região Norte da cidade.

Ao chegar lá, os agentes perceberam uma movimentação suspeita e abordaram um dos veículos que saiu da casa, onde foi apreendido 1 quilo de droga dentro de uma mochila. Depois, já na residência onde seria o depósito de maconha, a mãe de um dos suspeitos informou aos PMs que um dos cômodos era utilizado para armazenar os entorpecentes.

No quarto, foram encontrados quatro armas de fogo, munição, balança de precisão, e quase R$ 17 mil em dinheiro, além dos 190 quilos de maconha. Os três envolvidos foram presos em flagrante e levados à Central de Polícia. Até a manhã desta terça-feira (27), o trio permanecia na delegacia à espera da Audiência de Custódia, que deve ocorrer à tarde.

> Justiça decreta prisão preventiva de candidata flagrada com 190 quilos de maconha em Blumenau

O que diz o PL

Confira a nota oficial do Partido Liberal:

A direção da Executiva Municipal do Partido Liberal (PL) de Blumenau , com relação ao fato noticiado por veículos de imprensa do município dando conta de suposto envolvimento da candidata a vereadora Noemi da Silva com apreensão de drogas em ação da Policia Militar na noite de ontem (26), comunica que tomou conhecimento dos fatos preliminares e que o assunto já esta sendo objeto de análise e deliberação juntamente com a Executiva Estadual do partido. O PL recebe com surpresa tais informações e vai aguardar a conclusão das investigações com toda a cautela necessária que o caso requer, defendendo sempre o principio do contratitório e da ampla defesa. O PL avaliará as previsões estatutárias da sigla, uma vez que trata-se de assunto de ordem de comportamento pessoal e não relacionado diretamente ao contexto politico-partidário.

Contraponto

Procurado, o advogado de defesa de Noemi da Silva, Antoniel Lobo Cardoso, disse à reportagem que a cliente “nega qualquer comportamento de infração, tendo sido um equívoco ela estar acompanhada de alguém que possa estar envolvido no caso em questão”. O advogado afirma que a candidata tem um relacionamento com um dos detidos na operação, mas que “desconhecia que ele praticava qualquer ato ilícito”. Lobo Cardoso garante que trata-se de “um caso expresso de negativa de autoria, que deve ser esclarecido com crivo necessário do Judiciário mediante contraditório e direito à ampla defesa”.

Colunistas