A fase de audioções às cegas do The Voice Brasil terminou nesta quita-feira (24). Com isso, os times de IZA, Gaby, Lulu Santos e Michel Teló foram fechados. Neste ano, o representante de Santa Catarina será Renan Bell, de 30 anos, um jovem cantor e guitarrista que cresceu em Joinville.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Ele cantou “Piece Of My Heart”, da Janis Joplin, e foi disputado por Gaby Amarantos e Michel Teló. O sertanejo chegou a elogiar Renan.

— Vou falar para você, que vozeirão, hein — disse o sertanejo.

Gaby até tentou se manter na disputa, relembrando o fato de ter virado primeiro, porém o joinvilense preferiu o time Teló.

Continua depois da publicidade

Antes de subir ao palco, Renan conta que estava muito nervoso, pois sofria com sintomas de sinusite.

–– Até subir no palco, bem nervoso. Depois que a música começou, a mente já foi embora e aí ficou tudo bem –– diz o cantor, explicando:

–– Estava mais nervoso por questão de não estar 100% fisicamente.

Apenas quatro em cada 10 vacinados contra a Covid em Joinville tomou a dose de reforço

Renan Eduardo Belgrowicz é natural de Canoinhas, em SC, mas mora em Joinville desde os três anos. Ele conta que canta desde pequeno, porém a carreira profissional começou aos 22 anos, em SC.

–– Foi um processo de aprendizado e melhora constante, a voz é um instrumento que exige cuidado e treino, e cantar diariamente profissionalmente, se feito de maneira responsável, faz que a gente evolua muito. Fora isso, foi um processo difícil no sentido de ter passado dois anos batendo cabeça. Começar na música, principalmente aqui em Joinville, é um negócio complicado. É um mercado fechado e tem muita panelinha. Mas consegui conquistar meu espaço.

Um dos shows em SC que marcou a carreira de Renan foi em Florianópolis, em outubro deste ano. Renan abriu o show do Titãs, em uma apresentação feita apenas com voz e violão. Beto Lee, filho da cantora Rita Lee e do guitarrista Roberto de Carvalho, elogiou profissionalmente Renan. O cantor de Joinville afirma que o momento foi marcante, pois Titãs é uma das bandas nacionais que mais o influenciou, junto com Barão Vermelho.

Continua depois da publicidade

Rua do Papai Noel em Joinville tem decoração especial e coral natalino

Roqueiro, não foi por acaso que escolheu “Piece Of My Heart” para se apresentar nas audições às cegas.

–– Eu queria uma música que levasse a minha vibe de rock com soul, blues. Ao mesmo tempo queria uma música que impressionasse já no começo. Apostei na virada rápida de cadeira, e deu certo –– diz Renan.

Quanto aos próximos passos após o The Voice, Renan afirma que pretende focar no trabalho autoral e estruturar sua carreira independente do resultado. Ele já lançou o álbum “Humano”, disponível nas principais plataformas digitais de áudio e também no YouTube. Nas redes sociais, costuma postar vídeos caseiros de covers, apresentações e ensaios.

–– Independente de vitória ou não, o plano é aproveitar a visibilidade para estruturar a carreira, e focar no meu trabalho autoral. Tenho um álbum já lançado, e tem mais coisa aí em produção. Claro que vencer é o ideal, e o prêmio ajudaria muito nesse processo. Mas a competição é dura!

Continua depois da publicidade

Confira a apresentação de Renan Bell no The Voice Brasil

Leia também

Minha dor é muito grande, diz Roberto Carlos sobre morte de Erasmo

Anitta é a primeira brasileira a vencer o American Music Awards

David Guetta volta ao Brasil com apresentação confirmada em Jurerê

Destaques do NSC Total