publicidade

Florianópolis 

Caos na ponte e maré alta dificultam vida de quem foi ao Empreende Brazil Conference

Evento no CentroSul teve nomes como a cantora Anitta e o empresário Eike Batista 

08/07/2019 - 11h15

Compartilhe

Por Redação CBN Diário
Participantes do Empreende Brazil Conference, em Florianópolis, tentam desviar das poças e da lama provocadas pela maré alta
Participantes do Empreende Brazil Conference, em Florianópolis, tentam desviar das poças e da lama provocadas pela maré alta
(Foto: )

O Empreende Brazil Conference, considerado um dos maiores eventos de empreendedorismo do país, sofreu com dois grandes problemas que atingiram a região da Grande Florianópolis no último sábado (6). Um deles foi o caos no trânsito causado pelo problema na junta de dilatação na ponte Pedro Ivo Campos, único acesso para automóveis à Ilha de SC. O outro acabou sendo os efeitos da maré alta na Ilha de Santa Catarina.

O evento no CentroSul contou com a presença da cantora Anitta e do empresário Eike Batista - aliás, foi a sua primeira aparição pública após algum tempo. Depois de alcançar o posto de homem mais rico do Brasil, foi acusado de pagar propina ao ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral. Chegou a passar três meses em 2017. Condenado a 30 anos de prisão, Batista atualmente recorre da sentença em liberdade.

Eike Batista foi um dos palestrantes na edição deste ano do Empreende Brazil Conference, em Florianópolis
Eike Batista foi um dos palestrantes na edição deste ano do Empreende Brazil Conference, em Florianópolis
(Foto: )

A conferência também teve como palestrante o administrador de empresas João Amoêdo, que foi candidato à presidência nas últimas eleições pelo partido Novo. Outro nome é Thiago Nigro, o idealizador do projeto "O Primo Rico", voltado para ensinar sobre educação financeira e gestão de dinheiro. Thiago alega que ter perdido todo o seu dinheiro na Bolsa de Valores aos 18 anos, mas deu a volta por cima e alcançou a independência financeira aos 26.

O Empreende Brazil Conference levou cerca de 3,5 mil pessoas ao local. Algumas delas acabaram tendo que enfrentar outra dificuldade: os reflexos provocados pela maré alta, que afetou regiões da Ilha de SC nos últimos dias. Após sair da passarela que fica em frente ao CentroSul, houve a necessidade de se desviar das grandes poças de água e da lama formada no trecho.

Ouça as informações:

Deixe seu comentário:

publicidade