nsc
dc

Maus tratos

Carne de cavalo é apreendida em abatedouro clandestino interditado em Lauro Müller

Dono foi preso e vai responder por crime ambiental e crime de maus tratos contra os animais

23/06/2021 - 10h00

Compartilhe

Fernanda
Por Fernanda Mueller
Conforme a PM, após receber uma denúncia a guarnição se deslocou ao local com representantes da Vigilância Sanitária
Conforme a PM, após receber uma denúncia a guarnição se deslocou ao local com representantes da Vigilância Sanitária
(Foto: )

Um abatedouro clandestino suspeito de vender carne de cavalo foi interditado pela Polícia Militar e Vigilância Sanitária na tarde de terça-feira (22), em Lauro Müller, no Sul de SC. O dono foi preso e vai responder por crime ambiental e crime de maus tratos contra os animais. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Conforme a PM, após receber uma denúncia a guarnição se deslocou ao local com representantes da Vigilância Sanitária. O homem que se identificou como proprietário da residência negou a entrada, afirmando que a "Polícia Militar e a Vigilância Sanitária, só entraria com mandado" e ligou para seu advogado.  

> Loja que vendia carne de cavalo como se fosse de boi é fechada em SC e dono acaba preso

Ainda segundo a PM, a guarnição então avistou carcaças de cavalo penduradas em um terreno ao lado da propriedade. A polícia também encontrou uma cabeça de cavalo nas proximidades e outras carcaças com estruturas ósseas dos animais abatidos. 

Carne de cavalo foi encontrada no local
Carne de cavalo foi encontrada no local
(Foto: )

Diante disso os agentes deram voz de prisão para o suspeito, que foi conduzido para a delegacia de Criciúma para realizar os procedimentos cabíveis. Um boletim de ocorrência foi lavrado e o caso será investigado pela Polícia Civil. O homem vai responder por crime ambiental e crime de maus tratos contra os animais.

Leia também:

Como funcionava o esquema de venda de carne vencida a churrascarias de SC

Doença rara matou Mabel Calzolari aos 21 anos: entenda a aracnoidite torácica

Drauzio Varella e TV Globo terão que pagar R$ 150 mil a pai de menino morto por detenta

Homem tenta invadir chácara e troca tiros com caseiro; polícia apura se era Lázaro Barbosa

Colunistas