nsc

    Água

    Casan busca detectar vazamentos de água em Florianópolis

    Equipes trabalham durante as noites para corrigir os problemas

    14/10/2020 - 15h29 - Atualizada em: 14/10/2020 - 17h37

    Compartilhe

    Kadu
    Por Kadu Reis
    Técnicos da Casan buscam vazamentos na rede de distribuição
    Técnicos da Casan buscam vazamentos na rede de distribuição
    (Foto: )

    A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento realiza a Operação Caça Vazamentos na rede de distribuição em Florianópolis. O trabalho foi iniciado no Norte da Ilha e consiste em uma varredura no sistema. Francisco Pimentel, engenheiro da Casan, explica que as atividades são feitas à noite.

    > Jovens catarinenses e refugiados trocam cartas na pandemia

    — Vão passar equipes com escutas. Uma pessoa com uma haste de escuta e outra com um geofone eletrônico. Eles farão esta varredura para perceber, pela audição, se existe vazamento. Se as pessoas verem alguém passando com estes equipamentos, podem ficar tranquilas. O trabalho é realizado a noite por conta do menor índice de ruídos — explica.

    > Escolas de SC já podem retomar aulas presenciais; entenda

    A Casan tenta reduzir as chamadas perdas físicas de água a partir da identificação dos vazamentos ocultos. O índice atual de perdas fica em torno de 20% a 25% do total fornecido. Na primeira etapa, a Operação Caça-Vazamentos vai percorrer 450 km de redes e adutoras em 18 bairros e praias do Norte da Ilha.

    > Planos para volta às aulas presenciais em Florianópolis vão passar por comitê

    — O foco desta ação são os vazamentos por rede antiga, por conta do solo, rachaduras ou até interferência de obras. São os vazamentos em tubulações, adutoras e ramais de distribuição de água que não conseguimos verificar a olho nu. Eles não chegam a interferir no sistema, mas a somatória tem impacto. A água vai para o solo e ninguém percebe até que exista uma força-tarefa pra buscar isso por meio tecnológico — comenta Pimentel.

    Ouça a entrevista com Francisco Pimentel, chefe da Agência Florianópolis da CASAN:

    O cronograma da Operação Caça Vazamentos prevê a passagem no mês de outubro pela Praia Brava, Cachoeira do Bom Jesus, Lagoinha, Santinho e Ingleses. Em novembro Ingleses, Ratones, Vargem Pequena, Vargem Grande, Praia do Forte, Jurerê e Daniela. No mês de dezembro os trabalhos passam pelo Rio Vermelho e Muquém.

    > Microrregião de Florianópolis lidera aumento de casos de coronavírus, aponta pesquisador da UFSC

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas