nsc
hora_de_sc

JÁ OUVIU FALAR?

Cidades com nomes estranhos no Brasil e em SC

Lugares onde a criatividade não tem limites

21/10/2021 - 08h00

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
O nome da cidade Jacinto Machado é uma homenagem ao general da Guerra do Paraguai
O nome da cidade Jacinto Machado é uma homenagem ao general da Guerra do Paraguai
(Foto: )

Você já parou para pensar sobre o nome da sua cidade? Já imaginou de onde ele veio? Existem muitas cidades com nomes comuns, mas também existem cidades com nomes estranhos. A mente humana é um terreno fértil e muitas piadas já foram feitas em relação a cidades com nomes estranhos.

> Saiba como receber notícias de Santa Catarina no WhatsApp

O Brasil possui dimensões continentais, por conta disso são encontrados todos os tipos de diversidades pelo nosso país. O povo brasileiro é muito criativo e a nossa história é cheia de riquezas e misturas de povos e culturas. Esse é um dos motivos para que existam muitas cidades com nomes estranhos espalhadas pelo Brasil, inclusive em Santa Catarina.

Descubra agora diversas cidades com nomes estranhos localizadas no Brasil e em Santa Catarina, e o motivo de terem esse nome.

13 cidades com nomes estranhos no Brasil

O Brasil é enorme, e possui 5.568 municípios de fato e mais dois municípios equivalentes. Dentro desse número encontramos diversas cidades com nomes estranhos. No site do IBGE nós podemos encontrar os dados referentes a cada uma dessas cidades, incluindo a origem do nome de muitas delas.

  • Passa Tempo - Minas Gerais
  • Arroio dos Ratos - Rio Grande do Sul
  • Cidade de espumoso - Rio Grande do Sul
  • Rolândia - Paraná
  • Ampére - Paraná
  • Jardim de Piranhas - Rio Grande do Norte
  • Solidão - Pernambuco
  • Ponto Chique - Minas Gerais
  • Passa e Fica - Rio Grande do Norte 
  • Fruta de Leite - Minas Gerais
  • Venha-Ver - Rio Grande do Norte
  • Xique-Xique - Bahia
  • Anta Gorda - Rio Grande do Sul

Passa Tempo, em Minas Gerais

Contam que um homem viajante sempre passava por duas senhoras que ficavam sentadas na varanda de casa. Quando ele perguntava o que estavam fazendo, sempre respondiam que estavam passando o tempo. Por isso, a cidade foi batizada de Passa Tempo. Mas existe uma segunda versão que afirma que os bandeirantes que descansavam na região, diziam que iam passar tempo lá e o nome pegou.

Arroio dos Ratos, no Rio Grande do Sul

Existe um arroio que banha a cidade de um extremo ao outro, e durante um tempo pode ter havido uma grande quantidade de uma espécie de roedor, por isso a origem do nome.

Cidade de Espumoso, no Rio Grande do Sul

Na cidade, havia muita espuma que descia de várias cachoeiras, e perto do moinho, a espuma girava com a água e formava uma paisagem que encantava os viajantes que passavam por lá.

Rolândia, no Paraná 

A cidade paranaense homenageia Roland, legendário herói alemão.
A cidade paranaense homenageia Roland, legendário herói alemão.
(Foto: )

Essa é com certeza uma das cidades com nomes estranhos. Apesar de parecer um duplo sentido, a origem do nome dessa cidade é bem inocente. Trata-se de uma homenagem a Roland, legendário herói alemão, que na Idade Média guerreava ao lado de seu tio, Carlos Magno, e seu lema era lutar pela “liberdade e justiça”.

Ampére, no Paraná

A história contada é que alguns pescadores de cidades vizinhas estavam na região, na escuridão da noite, conversando sobre quantos ampéres de energia se conseguiria com a construção de uma barragem naquele rio, e o nome ficou.

Jardim de Piranhas, no Rio Grande do Norte

Os mais idosos da cidade contam que existe um rio na região chamado Rio Piranhas e à sua margem se localizava a antiga Fazenda Jardim, por isso foi dado esse nome.

Solidão, em Pernambuco

Contam que algumas terras da região foram compradas por Jesuíno Pereira, que chamou o padre Carlos Cottart para celebrar uma missa na sua casa em 1910. Chegando lá, o padre exclamou: Que solidão! Jesuíno perguntou o significado da palavra e o padre disse que era um lugar deserto, isolado, então a cidade foi batizada assim.

> Melhores horários para ir à praia em Santa Catarina

Ponto Chique, em Minas Gerais

Esse nome foi dado por ser um local muito bonito.

Passa e Fica, em Rio Grande do Norte 

Daniel Laureano montou uma pequena bodega na região que bancava jogos e vendia aguardente para quem passava. O negócio prosperou e diziam que quem passava por lá não queria mais sair. Daí surgiu o nome.

Fruta de Leite, em Minas Gerais

A cidade possui esse nome porque na região existe uma grande quantidade de uma fruta comestível e adocicada, chamada fruta de leite.

Venha-Ver, no Rio Grande do Norte

Muitas histórias são contadas, mas a mais conhecida é que a filha de um fazendeiro começou a namorar um de seus escravos. O pai resolveu mandar a menina para outra região e no dia da sua partida, mandou chamar a filha, e sua escrava informou que ela estava conversando com o namorado. Ele brigou com a escrava, desacreditando dela, mas ela o chamou para confirmar a informação. Ela disse: Venha ver! E a cidade foi batizada com a expressão.

> Conheça os animais estranhos e raros encontrados em SC

Xique-Xique, na Bahia

Os primeiros exploradores encontraram uma grande quantidade de cactus Xique-Xique na região, e o nome do cacto foi colocado na cidade.

Anta Gorda, no Rio Grande do Sul

Essa é mais uma das cidades com nomes estranhos. A história contada é que no período de sua colonização, uma anta de grandes proporções foi morta na área. Os moradores passaram a usar o fato como referência para mencionar a região, chamando-o de Anta Gorda. Em 1910, seu nome foi modificado para Carlos Barbosa, porém não foi aderido pela população local, e em 1912, a cidade voltou a se chamar Anta Gorda.

Cidades com nomes estranhos em Santa Catarina

Com certeza Santa Catarina não ficaria de fora. Também é um estado que possui muitas cidades com nomes estranhos. Muitos moradores não sabem o motivo desses nomes, mas os mais antigos trazem histórias passadas desde a época da colonização, que explicam as suas origens.

  • Agrolândia 
  • Agronômica 
  • Anitápolis 
  • Armazém
  • Bombinhas
  • Braço do Trombudo
  • Catanduvas
  • Chapadão do Lageado
  • Descanso
  • Grão Pará
  • Ipira
  • Jacinto Machado
  • Maravilha
  • Massaranduba
  • Orleans
  • Painel
  • Papanduva 
  • Praia Grande
  • Saudades
  • Sombrio
  • Sul Brasil
  • Lontras
  • Saltinho

Agrolândia 

Parece nome de parque de diversões para agrônomos. É assim porque a sua economia é baseada quase exclusivamente na agricultura.

Agronômica 

É chamada dessa forma por ser muito forte na agricultura, inclusive o seu primeiro nome foi Pastagem.

Anitápolis 

É em homenagem a Anita. Mas não é a Anitta do Show das Poderosas, e sim a revolucionária Anita Garibaldi. E, inclusive, existe uma outra cidade chamada Anita Garibaldi, também em homenagem a ela.

Armazém

Nessa região, foi construído um grande estabelecimento comercial que deu impulso a sua emancipação da cidade de Tubarão, por volta de 1959. A cidade foi batizada por conta desse estabelecimento.

> Veja as praias próprias para banho em Santa Catarina

Bombinhas 

Bombinhas é a menor cidade de Santa Catarina
Bombinhas é a menor cidade de Santa Catarina
(Foto: )

Menor cidade de Santa Catarina em extensão, com cerca de 35 km², porém belíssima e vale a pena visitar. Ela se emancipou de Porto Belo na década de 90 e recebeu o nome da sua praia mais famosa: Bombinhas. O motivo do nome dessa praia não tem registro comprovado, mas acredita-se que a água batia nas pedras e emitia um som parecido com uma bomba.

Braço do Trombudo

Sem dúvidas essa é uma das cidades com nomes estranhos. Esse nome se originou de uma anta. Na época tinham muitas antas na região e elas sempre apareciam na beira do rio.

O nome Braço do Trombudo tem origem de uma anta.
O nome Braço do Trombudo tem origem de uma anta.
(Foto: )

> 4 praias com belezas naturais para descobrir no verão em Santa Catarina

Catanduvas 

Não tem nada a ver com catadores de uvas. É uma palavra originada do Tupi e significa “ajuntamento de mata dura”, por possuir muita mata no local.

Chapadão do Lageado

Essa é mais uma das cidades com nomes estranhos. Lageado por ser uma região com muitas lages no rio, ou seja, uma superfície mais ou menos plana, formada por um afloramento de rocha. E Chapadão por estar situado na parte alta, ou seja, na chapada do rio Lageado.

Descanso

Seu primeiro nome foi Linha Polonesa, porque as primeiras famílias eram de origem polonesa. Em fevereiro de 1925, a Coluna Prestes descansou por aquelas áreas e deu o nome Descanso para a cidade.

Grão Pará

Grão Pará foi um título de nobreza pertencente apenas a membros da família imperial do Brasil. Ele foi concedido oficialmente somente 3 vezes, incluindo ao príncipe Dom Pedro de Alcântara de Orléans e Bragança e foi em sua homenagem que a cidade foi batizada. Isso ocorreu em 1882, quando a cidade foi escolhida como sede central da Colônia Imperial. É uma das cidades com nomes estranhos hoje, mas na época era um título bem conhecido.

Ipira

O nome deriva do Tupi e significa água dos peixes ou rio dos peixes, e foi o local onde os primeiros colonizadores se estabeleceram.

Jacinto Machado

Com certeza é uma das cidades com nomes estranhos devido ao duplo sentido encontrado. Mas é apenas um nome próprio. Uma homenagem ao general da Guerra do Paraguai Jacinto Machado Bittencourt.

Maravilha

Haviam uns caçadores no topo de um morro, olhando a beleza da copa dos pinheirais e um deles pronunciou que a vista era uma maravilha e o nome foi se propagando.

Massaranduba

Essa palavra deriva do Tupi e é uma espécie de árvore de madeira bem vermelha escura que era encontrada na região.

Orleans

É uma homenagem ao Príncipe consorte Conde d’Eu, que foi casado com a Princesa Isabel e deu origem a uma nova dinastia chamada Orleans e Bragança.

Painel

Inicialmente chamada de Portão, essa cidade tem lindas paisagens dignas de serem pintadas em um painel, por isso o nome.

Papanduva 

Essa é mais uma das cidades com nomes estranhos, mas não sabemos o significado do nome. Era um local onde os tropeiros passavam para descansar e esse nome era uma gíria muito usada por eles.

Praia Grande

Parece um nome normal, mas a questão é que Praia Grande não tem praia e nem é grande, ou seja, esse nome não faz nenhum sentido. Por isso, é considerada uma das cidades com nomes estranhos.

Saudades

O povo mais antigo da cidade migrou do Rio Grande do Sul para lá e sentiu muita saudade da sua terra, por isso, colocaram o nome na cidade.

Sombrio 

Alguns dizem que esse nome vem das sombras que se formavam no rio da localidade, e juntaram os dois nomes, sombra e rio. Mas outras pessoas afirmam que a razão do nome é devido ao paredão de rochas que tem na região e que fazia a cidade escurecer cedo e deixava tudo muito escuro e sombrio.

Sul Brasil

Essa cidade sofreu influência da empresa colonizadora chamada Sul Brasil, que ficava localizada na região. Por isso, a cidade ficou conhecida pelo nome da empresa.

Lontras 

Quando os primeiros colonizadores chegaram à região, existiam muitas lontras no local. A cidade foi batizada em homenagem a esses mamíferos.

Saltinho 

Na sua colonização, o local era habitado por caboclos e era repleto de saltos d’água, daí vem o seu nome.

Veja as dicas de praias desertas em SC

Leia também

Quatro praias com belezas naturais para descobrir no verão em Santa Catarina

Quando acaba o inverno de SC em 2021

5 praias de mar calmo para relaxar no Litoral Norte de SC

10 praias para curtir com crianças em Florianópolis

Colunistas