Uma cobra-cipó que invadiu uma casa, em Jaraguá do Sul, causou uma confusão no local ao derrubar bebidas de um minibar e ainda morder o biólogo que fez o resgate. As imagens, postadas em uma rede social no domingo (26), mostram a ação do animal.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região no WhatsApp

Conforme o biólogo Christian Raboch, que também atua pela Fujama (Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente), a cobra é do gênero Chironius, conhecida por não ter peçonha.

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Veja fotos do resgate da cobra-cipó em Jaraguá do Sul

Continua depois da publicidade

Nas imagens, a cobra-cipó sobe em cima de uma prateleira com diversas bebidas, e ao passar pelo local, derruba os frascos, que se partem no chão. O biólogo precisou subir em um banco para resgatar o animal, que acabou mordendo ele.

“Os dentes estão no fundo da boca. Mesmo sem peçonha, pode dar problema, porque possui inúmeras bactérias na boca”, explicou Raboch nas redes sociais.

Em caso de mordida, o biólogo orienta a lavar bem a região com água e sabão para não infeccionar. A cobra foi levada para uma área de mata e solta na natureza.

*Sob supervisão de Leandro Ferreira

Leia também

Felino com risco de extinção é flagrado em ponto turístico de Jaraguá do Sul

Loja de celulares estima prejuízo de R$ 244 mil após roubo de mais de 40 aparelhos em SC

Água da praia da Vigorelli está apta para banho, diz levantamento do IMA

Destaques do NSC Total