nsc
an

Pandemia da Covid-19

Como será o cronograma de volta às aulas em Joinville

Protocolo foi definido no fim de agosto, mas pode ter mudanças até 12 de outubro

09/09/2020 - 17h33

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
foto mostra criança com uniforme de escola de joinville e um caderno
Aulas serão retomadas de acordo com faixa etária dos alunos
(Foto: )

A data para reabertura das escolas de Santa Catarina está prevista para 13 de outubro, como já era anunciado pelo Estado, e nesta quarta-feira (9), os detalhes do plano de retomada foram apresentados pelo governo catarinense. Em Joinville, o procolo de retorno presencial já havia sido anunciado em 25 de agosto para as escolas da rede municipal, e nada foi alterado com o anúncio do protocolo estadual.

> Acompanhe o funcionamento de serviços em Joinville durante a pandemia de Covid-19

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

O retorno será gradual e atingirá apenas 30% dos estudantes matriculados em cada turma. O atendimento diário terá carga reduzida de duas horas por período. A ideia é que o número de crianças atendidas presencialmente amplie-se de forma progressiva até atingir 24,5 mil alunos semanalmente.

As primeiras semanas de atendimento irão priorizar alunos que não tiveram acesso às atividades não presenciais e aqueles que tiveram acesso mas não realizaram as atividades propostas e, também, os que apresentam dificuldades de aprendizagem, conforme avaliação pedagógica.

O secretário estadual de Educação, Natalino Uggioni, explicou que o plano do Estado poderá servir de base para os planos municipais, mas que também pode ser apenas uma base para as cidades. No entanto, a volta do ensino infantil, prevista para novembro em Joinville, precisará da autorização do governo.

Entenda:

> O retorno presencial vai priorizar 30% dos estudantes de cada turma:

Nas duas primeiras semanas de aula (13 a 23 de outubro), será para os estudantes do 9º ano e da Educação Jovens e Adultos (EJA)

Na terceira semana (26 de outubro): se somam os outros alunos do Ensino Fundamental II (8º, 7º e 6º anos)

Na quarta semana (2 de novembro), são incluídos os estudantes do Ensino Fundamenta I (1º ao 5º anos) e as crianças da Educação Infantil (1º e 2º períodos)

Na quinta semana (9 de novembro): são incorporadas as crianças da Educação Infantil, etapa creche.

Colunistas