nsc
an

Virada de ano

Confira a programação do Réveillon nas praias da região de Joinville

Programações contam com queima de fogos e, uma das prefeituras, organizou dois shows, entre os dias 31 e 1°; confira

29/12/2021 - 13h39

Compartilhe

Sabrina
Por Sabrina Quariniri
Baile do Hawaii em Barra Velha, edição 2021
Baile do Hawaii em Barra Velha, edição 2021
(Foto: )

A passagem de 2021 para 2022 se aproxima e, se ainda não se programou para o Réveillon, esta reportagem do AN irá te ajudar a decidir para onde ir curtir a virada. As informações foram levantadas com as assessorias das prefeituras de Itapoá, São Francisco do Sul, Barra Velha, Barra do Sul e Balneário Piçarras. 

> ​Receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

​As programações contam com queima de fogos de baixo estampido e, uma das prefeituras, organizou dois shows, entre os dias 31 e 1°. Com novo decreto estadual, as prefeituras não precisam mais seguir as regras do protocolo “Evento Seguro” e têm autonomia para decidir o que fazer, conforme a situação epidemiológica local.

Itapoá

Em Itapoá, o município programou uma queima de fogos que será iniciada próximo da meia-noite, na Ilha de Itapeva, onde ocorre todos os anos. A prefeitura da cidade optou por não realizar shows neste ano, por entender ainda não ser seguro para a população, devido à Covid-19. 

“Evento Seguro” deixa de ser obrigatório com novo decreto em SC

Como a queima de fogos será ao ar livre, no entanto, e pode ser vista de toda a orla do município, não haverá nenhum tipo de restrição para a população, apenas é orientado que as pessoas que forem à praia acompanhar o evento utilizem máscaras de proteção e mantenham o distanciamento. 

A prefeitura de Itapoá não tem uma estimativa do público esperado para a queima de fogos. 

São Francisco do Sul

Com as apresentações artísticas canceladas, São Francisco do Sul contará com quatro pontos com shows pirotécnicos em cada uma das regiões turísticas da cidade, que iniciarão exatamente à meia-noite do dia 1° de janeiro. Todos os fogos, segundo o município, serão sem estampido, conforme prevê a legislação municipal. 

Os fogos ocorrem no Trapiche Lauro Carneiro de Loyola, ao lado do aterro do Mercado Municipal, no Centro Histórico; na Ponta da Praia da Enseada, próximo ao Hotel Turismar, na região dos balneários, Na esquina da Rua Caramuru com a Av. Atlântica, próximo ao Cristo, na praia do Ervino; e no Trapiche Pedro Ivo Figueiredo de Campos, na Vila da Glória, próximo a Igreja Nossa Senhora da Glória, no Distrito do Saí. 

Por conta da instalação dos equipamentos e segurança dos frequentadores, os trapiches mencionados estarão interditados para embarcações e público no dia 31/12, exceto para atendimentos médicos urgentes, como bombeiros e ambulancha.

 A orientação é que a população observe aos fogos mantendo distanciamento social. A prefeitura também orienta que todos utilizem máscaras de proteção. 

Barra Velha

A única cidade que contará com shows será Barra Velha. À meia-noite do dia 1°, o município organizou uma queima de fogos de baixo estampido, na Praia Central e na Praia do Grant. Mas, antes disso, às 22h, o público presente poderá curtir a apresentação da dupla Álvaro & Vittor e, em seguida, Dj's irão comandar a noite. 

Já no dia 1°, às 21h, terá o "Lual on the beach", com show nacional de Chimarruts, Dazaranha e Raiz Vital, também na Praia Central. 

Segundo a Fundação de Turismo Esporte e Cultura do município, com base no novo decreto estadual, Barra Velha não irá exigir passaporte de vacinas e nem testes de Covid-19 para participar dos eventos. No entanto, a recomendação é que se evite aglomerações.

 O município não tem uma expectativa de público estimada, mas, no último fim de semana, por exemplo, quase 58 mil pessoas circularam pela cidade. 

Baile do Hawaii em Barra Velha, edição 2021
Baile do Hawaii em Barra Velha, edição 2021
(Foto: )

Barra do Sul

Em Barra do Sul, a queima de fogos acontecerá em dois pontos: Na praça do Canoeiro, bairro Costeira e na Boca da Barra. Não haverá show com bandas, essa decisão foi tomada, segundo o município, pela comissão de eventos, para evitar aglomeração. O município não soube estimar a presença de público. 

Balneário Piçarras

A Prefeitura de Balneário Piçarras promoverá queima de fogos no Molhe Central, na altura da rua 700. Serão usados artefatos de baixo estampido, conforme lei municipal aprovada em 2019. No dia 31, às 6h, o acesso ao Molhe será fechado e reaberto no dia 1°, por voltadas 2h, conforme cronograma de segurança organizado pelo município.

Segundo o secretário de Turismo de Balneário Piçarras, Lávio Dalfovo, a realização do evento só foi possível também conforme novo decreto do Governo do Estado, que liberou eventos com mais de 500 pessoas. 

Leia também

Visita de Bolsonaro leva artesã de São Francisco do Sul às lágrimas; veja vídeo

Bolsonaro aposta na Mega da Virada e corta o cabelo em barbearia em São Francisco do Sul

Mais movimento: quantos veículos passam pela BR-101 Norte no final do ano

Colunistas