A Secretaria de Saúde de Santa Catarina (SES), por meio da Diretoria de Vigilância Sanitária (DIVS) emitiu uma nota técnica que destaca os cuidados que se deve ter ao fazer doação de água para os atingidos pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Ela foi divulgada no último sábado (11).

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

A água para consumo humano e preparo de alimentos deve ser envasada em recipientes de primeiro uso, em conformidade com as normativas sanitárias (RDC n. 717/2022/ANVISA). A outra forma de disponibilização de água potável é por meio de caminhões pipa.

Como doar mantimentos e produtos ao RS

A água para doação em recipientes reaproveitados, como as garrafas pet, deve ser destinada apenas para a limpeza.

Continua depois da publicidade

— A Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina reconhece o esforço de todos os catarinenses em ajudar o Estado vizinho, bem como das entidades e grupos de pessoas que impulsionam a solidariedade. E esperamos que juntos possamos fazer um trabalho ainda melhor e mais seguro para todos — consta o documento assinado por Fábio Gaudenzi, superintendente de Vigilância em Saúde, e o diretor da Vigilância Sanitária de Santa Catarina, Arion Bet Godoi.

*Sob supervisão de Andréa da Luz

Leia mais

Veterinária de Joinville resgata gatas ilhadas e emociona tutora que perdeu tudo no RS

Voos extras emergenciais entre SC e RS começam a operar

Bombeiros resgatam pessoas e animais ilhados no Sul de SC

Destaques do NSC Total