O Rio Grande do Sul enfrenta problemas relacionados às fortes chuvas desde domingo (28). Até o momento, conforme a Defesa Civil do estado, há 95 mortes confirmadas, com 131 e pessoas desaparecidas, além de cidades registrarem estragos, enxurradas e alagamentos.

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

Os catarinenses podem ajudar os moradores afetados pela chuva que atingem o estado gaúcho através de doações via Pix. A Defesa Civil de Santa Catarina não informou até a publicação desta reportagem se irá abrir pontos de coleta no Estado. Mas a Prefeitura de Florianópolis e a Fundação Somar pedem a contribuição da população com doações de mantimentos e produtos de limpeza para ajudar as pessoas que estão sofrendo danos com as inundações no estado gaúcho.

É possível doar colchões, lençóis e fronhas, material de higiene e limpeza, água, copos plásticos e rações para cães e gatos.

Veja onde doar 

  • Fundação Somar – Rua Padre Lourenço R. de Andrade, 180 – Santo Antônio de Lisboa – Florianópolis
  • Secretaria Municipal do Continente – R. João Evangelista da Costa, 781 – Capoeiras – Florianópolis

Continua depois da publicidade

  • Prefeitura de São José –  Por meio do Procon, a prefeitura de São José está realizando uma campanha de doações para as vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul. O ponto de coleta é na própria sede do Procon, localizada na Avenida Acioni Souza Filho, nº 2114, na Beira-Mar de São José.
  • Aeroclube de Santa Catarina – As doações arrecadadas inicialmente são roupas, colchonetes, água potável e gêneros alimentícios não-perecíveis.
  • Endereço: R. Jorge Jose Da Silva, s/n – Sertão do Maruim, São José – SC, 88122-033
  • Telefone: (48) 3257-0400
  • WhatsApp: (48) 99836-1604
  • Horário: 8h às 18h
  • Para Quem Doar – Uma campanha da TV Globo arrecada doações para as vítimas das chuvas. No site paraquemdoar.com.br estão todas as informações e iniciativas apoiadas. É possível doar também através da chave PIX: sos@benfeitoria.com.

Continua depois da publicidade

  • Beiramar Shopping – o posto de coleta está localizado no piso L1, no balcão de informações. O shopping está recebendo água e alimentos embalados, como bolachas, barra de cereal, pão, enlatados, entre outros. As doações serão direcionadas para o estado do Rio Grande do Sul em parceria com a prefeitura municipal de Florianópolis.
  • Costão do Santinho Resort – o empreendimento está mobilizando colaboradores, parceiros e clientes para receber donativos para enviar ao Rio Grande do Sul. Além disso, está recendo doações em pix para aquisição de itens. Os produtos podem ser entregues no Costao do Santinho, na rua Vereador Onildo Lemos 2505, Ingleses, Florianópolis, aos cuidados de Hélio Frois.

As doações em dinheiro devem ser depositadas na conta do Costao.

Chave pix: doacaors@costao.com.br. O Costão fará prestação de contas do valor arrecadado e produtos adquiridos, além das doações de materiais

  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – A Federal de Santa Catarina criou a campanha UFSC Solidária para ajudar as vítimas das chuvas do Rio Grande do Sul.

Continua depois da publicidade

Pontos de arrecadação: As doações poderão ser entregues no Centro de Cultura e Eventos Reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, localizado no Campus de Florianópolis, no bairro Trindade, no prédio da Reitoria II (Rua Desembargador Vitor Lima, 222), e no hall do Centro de Ciências Agrárias (Avenida Admar Gonzaga, 1.346), bairro do Itacorubi, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

  • Avaí Futebol Clube – De segunda-feira até sexta-feira, das 9h até às 18h, na recepção do estádio da Ressacada. No sábado (11), dia de Avaí x Coritiba, as doações serão recebidas em todos os portões de acesso, inclusive setor visitante, das 9h até às 11h.
  • Criciúma Esporte Clube – Das 9h às 18h na secretaria do estádio Heriberto Hülse. Roupas, água potável, alimentos não perecíveis e materiais de limpeza e higiene.
  • Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina (PRF) – A PRF de Santa Catarina realiza campanha para arrecadar alimentos, água mineral, itens de higiene pessoal, agasalhos e roupas de cama para ajudar as pessoas desalojadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul.

Continua depois da publicidade

Todas as 26 Unidades Operacionais e sete Delegacias da PRF no estado, além da Sede Regional em Florianópolis, estão disponíveis para receber as doações, que serão encaminhadas à Defesa Civil do RS.

  • Pontos de coleta em Blumenau
  • Parque Vila Germânica Setor 1 – das 8h às 18h todos os dias (Rua Alberto Stein, 199, Velha);
  • 10° Batalhão da Polícia Militar – das 13h às 19h dias úteis (Rua Almirante Tamandaré, 1.501);
  • 3º Batalhão de Bombeiros Militar – das 13h às 19h dias úteis (Rua 7 de Setembro, 2.880, Centro).
  • Câmara de Vereadores de Blumenau – das 8h às 17h dias úteis (Rua XV de Novembro, 55).
  • Balneário Camboriú – FG Empreendimentos: na Avenida Brasil, 2.260, no Centro de Balneário Camboriú. A empresa é uma das que disponibilizou a própria aeronave para ajuda humanitária.
  • Cruz Vermelha Brasileira – Santa Catarina – A Cruz Vermelha está fazendo arrecadações para ajudar as vítimas da enchentes do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Os donativos necessários são: água, fralda descartável geriátrica e infantil, produto de higiene, produto de limpeza e alimentos para cães.

Continua depois da publicidade

Posto de arrecadação: Sede da Cruz Vermelha Brasileira de Santa Catarina. Rua santos Saraiva 1110 – Estreito, Florianópolis.

Doações via pix: 07763757000186

  • Joinville – Os grupos de Rotary da cidade de Joinville, com apoio da Prefeitura e do Corpo de Bombeiros Voluntários estão arrecadando doações para os moradores do estado vizinho.

Podem ser doados itens da cesta básica (como enlatados, biscoitos, arroz, feijão e óleo), materiais de higiene e limpeza (como sabão, água sanitária, rodos, sabonete, papel higiênico, fraldas, escova e pasta de dentes), roupas de cama e colchões.

As doações podem ser entregues em uma das unidades do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville, 24 horas ao dia.

Continua depois da publicidade

  • Rua Jaguaruna, 13 – Centro
  • Rua Dona Francisca, 6500 – Distrito Industrial
  • Rua Maria Júlia Pereira Costa – Itaum
  • Rua Albano Schmidt, 3400 – Boa Vista
  • Rua Barra Velha, 100 – Floresta
  • Rua Dona Francisca, 12.500 – Pirabeiraba
  • Rua XV de Novembro, 7000 – Vila Nova
  • Rua Theonesto Westrupp, 565 – Aventureiro

Também é possível contribuir para a campanha SOS Rio Grande do Sul, por meio de PIX para o CNPJ 92.958.800/0001-38. Este é um canal oficial de doação gerenciado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Os recursos serão integralmente revertidos para o apoio humanitário às vítimas das enchentes e para a reconstrução da infraestrutura das cidades.

  • Chapecó – O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, pediu em vídeo que a comunidade colabore. Para isso abriu o Centro de Eventos, a partir das 16h desta quinta-feira, para receber donativos.

— Neste primeiro momento solicitamos água, material higiênico, material de limpeza, alimentos e cobertores para ajudar os atingidos pelas chuvas — disse o prefeito.

Continua depois da publicidade

O recebimento será das 8h às 12h e das 13h30 às 18h, na sala Cyro Sosnoski.

  • Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul – os Bancos de Alimentos estão arrecadando doações para ajudar as vítimas das chuvas. Para doar, basta acessar o site oficial ou realizar a contribuição via chave Pix. 
  • Site: www.doealimentos.com.br
  • Pix: CNPJ – 04.580.781/0001-91
  • Conta corrente: Banco Santander
  • Agência: 1001
  • Conta: 13.000.284-4
  • Porto Belo – Aeroporto Costa Esmeralda: Acesso BR-101, KM 156, Rua Aliatar Silva, Condomínio Aeronáutico Costa Esmeralda – Sertão de Santa Luzia.
  • Defesa Civil do Rio Grande do Sul

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul informou, por meio de nota, que não está realizando mobilizações para encaminhamento de doações aos atingidos, tendo em vista que os respectivos estoques de alimentos, água e outros itens estão conseguindo atender às demandas dos municípios.

Continua depois da publicidade

Existe, no entanto, necessidade de alguns itens específicos, como colchões, roupa de cama e banho (higienizados) e cobertores (higienizados).

Os materiais podem ser entregues no Centro Logístico da Defesa Civil Estadual, que funciona na Avenida Joaquim Porto Villanova, 201, bairro Jardim Carvalho, em Porto Alegre, e que atende no telefone (51) 3210 4255.

  • Prefeitura de Criciúma – Ginásio de Esportes de Criciúma, na Avenida Santos Dumont, 1796, das 8 às 20 horas.

O que doar? Água (a partir de 5 litros), vassouras, água sanitária, detergente, desinfetante, sabão em pó, rodo, sabão, cloro, sabonete, absorvente, shampoo, pasta de dente, fraldas.

Continua depois da publicidade

  • Prefeitura de Xaxim – Sala do Empreendedor, localizada ao lado do palco da Praça Frei Bruno, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h.

O que doar? Alimentos não perecíveis, água e produtos de higiene pessoal.

  • Prefeitura de Pinhalzinho – Pavilhão da Efacip, Rua São Salvador, 194, durante toda a semana das 8h às 19h30.

O que doar? Alimentos não perecíveis, água e produtos de higiene pessoal.

  • Prefeitura de São Miguel do Oeste- Secretaria de Assistência Social (CAIC), Rua John Kenedy, 2136, das 7h45 às 17h.

O que doar? Alimentos não perecíveis, água, roupas de cama, mesa e banho e produtos de higiene pessoal.

Continua depois da publicidade

  • Prefeitura de Araquari – Secretaria de Assistência Social, Rua Getulio Vargas, 10, Centro; CRAS Esmeralda Conceição Duarte – Rua Virgílio Leandro da Maia, 15, Itinga; CRAS José Odilon Belarmino Xavier – Rua Antonio Silva, 159, Centro; CRAS Justina Cabral – Rua Doutor Adolfo Bezerra de Menezes, 415, Porto Grande.

O que doar? Alimentos, água, materiais de higiene e limpeza, colchões e roupas.

  • Prefeitura de Guaramirim – Sede da prefeitura, Rua 28 de Agosto, nº 2042, no Centro, das 8h às 12h e de 13h ás 17h.

O que doar? Água, alimentos não perecíveis e materiais de higiene pessoal e limpeza.

  • Prefeitura de Jaraguá do Sul – Rede Cooper, Giassi Supermercados, Komprão, Fort Atacadista, Rancho Bom, Angeloni, Acijs, CDL, Postos Mime, Câmara de Vereadores, Supermercado da Barra do Rio Cerro (unidade Barra e Tifa Martins), Mercado Popular, Grupo Lunelli, Grupo Malwee e Instituto Malwee, Hospital São José, Associação Jaraguá Mais Saudável, Indumak.

O que doar? Alimentos não perecíveis, água e materiais de higiene e limpeza. Doações acontecem até a terça-feira (7).

Continua depois da publicidade

  • Prefeitura de Corupá – Sede dos Bombeiros Voluntários de Corupá

O que doar? colchões, água, alimentos não perecíveis e material de higiene e limpeza.

  • Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe) – Unochapecó, Unoesc, Udesc, Univalli e Furb.

O que doar? Colchões, roupas de cama (lençol e fronha), itens de higiene e limpeza, água, e ração para cães e gatos.

  • Colégio Energia Florianópolis – Colégio Energia Florianópolis – R. Santos Dumont, 36 – Centro, Florianópolis – SC

O que doar? Roupas e calçados, alimentos prontos e de fácil consumo, água potável, lenço umedecido, itens para curativos, fraldas adulto e infantil, material de higiene, mamadeiras, bicos/chupetas para crianças e ração para cães e gatos.

Continua depois da publicidade

  • Floripa Shopping – Espaço Cliente (piso L2, no corredor dos caixas eletrônicos)

O que doar? Produtos de limpeza, água, alimentos não perecíveis e prontos para consumo, ração para animais, roupas de cama, mesa e banho, colchões, além de lanternas e pilhas.

  • Fundação Somar – Rua Padre Lourenço de Andrade, n° 180, Santo Antônio de Lisboa

O que doar? Produtos de limpeza, água, alimentos não perecíveis e prontos para consumo, ração para animais, roupas de cama, mesa e banho, colchões, além de lanternas e pilhas.

Chuvas no Rio Grande do Sul

O governo do Rio Grande do Sul decretou calamidade pública na quarta-feira (1°) por conta dos fortes temporais que atingem o estado desde o início da semana. A decisão foi publicada no Diário Oficial. As informações são do g1.

O documento cita que o Rio Grande do Sul é atingido por chuvas intensas, inundações, alagamentos, granizo e vendavais de grande intensidade classificados de nível 3, com danos e prejuízos elevados.

Continua depois da publicidade

A prioridade, agora, é o resgate de famílias ilhadas. Na terça-feira, bombeiros de Santa Catarina foram enviados ao Rio Grande do Sul a fim de auxiliar nas buscas. No total, 71 bombeiros militares de SC foram deslocados e devem atuar em todas as áreas de salvamento.

Veja fotos das chuvas no Rio Grande do Sul

Leia mais

Chuva deixa SC em “alerta vermelho” para inundações na divisa com o RS

Defesa Civil evacua bairro alagado no Extremo Sul de SC

Chuva deixa desalojados, provoca alagamentos e cancela aulas em SC

Destaques do NSC Total