A 24ª edição da Festa Nacional da Maçã acontecerá de 6 a 8 de setembro, em São Joaquim, mas a rainha e as princesas da festa já foram escolhidas para valorizar e divulgar a cultura e tradição da cidade. A realeza foi apresentada à comunidade serrana nesta semana, após um processo seletivo com 22 jovens.

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

“Foram avaliados critérios como carisma, simpatia, oralidade, elegância, beleza e disponibilidade de tempo”, diz a secretária de Turismo de São Joaquim, Adriana Schlichting.

“A Rainha Letícia Padilha Rocha e as Princesas Nicoly Godinho Artismo e Thuany Carvalho de Oliveira ganharam a missão de levar o encanto da nossa festa para todos os cantos, fortalecendo não apenas o turismo, mas também a economia local, que tanto nos orgulha com sua produção de maçã de alta qualidade”, conclui a secretária.

A Comissão Organizadora já adianta que uma das missões das Soberanas será visitar escolas do município, as empresas de processamento da fruta compartilhando não apenas a alegria da festa, mas também o conhecimento sobre a importância da maçã na região.

Continua depois da publicidade

“Além disso, não faltará a visita aos estabelecimentos comerciais, convidando a todos de forma calorosa e festiva para participar deste grande evento, que em breve teremos a programação completa para divulgação”, destacam os organizadores.

“O evento é uma oportunidade ímpar de valorizar não só a maçã, mas também toda a cultura e tradição que envolvem a cidade de São Joaquim”, afirma o prefeito Giovani Nunes.

Conheça as Soberanas

Rainha

Letícia Padilha Rocha tem 23 anos, é enfermeira no Hospital de Caridade Coração de Jesus de São Joaquim. Atualmente está cursando pós-graduação em Urgência e Emergência. Sobre ser Rainha da Festa Nacional da Maçã ela conta que seu sonho surgiu ainda na infância.

Continua depois da publicidade

“Esse desejo foi se intensificando, desde que entendi o verdadeiro papel das soberanas na sociedade. Mulheres com voz ativa, representando a população e transmitindo nossa cultura. Como rainha pretendo elevar ainda mais todos os setores interligados com a Festa Nacional da Maçã – os Vinhos Finos de Altitude, o Queijo Serrano, o Melato de Bracatinga, o Frescal, honrando nosso município e suas riquezas por onde passarmos”.

Princesa

Nicoly Godinho Artismo tem 21 anos e é estudante de Nutrição. Muito feliz e orgulhosa por ter sido escolhida, Nicoly já sabe o que fará durante esses meses de divulgação.

“Levarei o nome do nosso município com muito orgulho e dedicação. Vejo a Festa Nacional da Maçã como celebração do sucesso de uma safra, mas também como uma grande oportunidade. Recebemos muitas pessoas de outras cidades, estados e até mesmo países, é o momento para apresentarmos todas as nossas excelências, promovendo a economia e o turismo de nossa terra”.

Princesa

Thuany Carvalho de Oliveira tem 21 anos, é Design de Interiores e atualmente trabalha como assistente de fotografia. Como Princesa, Thuany espera trazer destaque à comunidade artística e a identidade cultural de São Joaquim.

Continua depois da publicidade

“A nossa festa traz visibilidade atraindo pessoas, não apenas de Santa Catarina, mas de diversas regiões do país, o que movimenta o comércio, nossas hospedagens, restaurantes, lojas e vinícolas. Mas ela também proporciona a visibilidade dos produtos regionais, da nossa rica cultura, das belezas da região, abrindo portas para nossos artistas locais mostrarem sua arte. É essa nossa identidade única que quero levar adiante”.

Leia também

Esquenta para a Festa do Pinhão já começou na Serra Catarinense

Fundação Cultural de Lages abre edital para credenciamento de apresentações artísticas

Confira a programação completa da 34ª Festa Nacional do Pinhão, em Lages

Destaques do NSC Total