nsc
nsc

Confraria Itapema

Conheça Janete Borges, a chef premiada da próxima Confraria Itapema 2021

Premiada com o Dolmã SC no ano passado, a paulistana radicada em Florianópolis assina o cardápio do evento do dia 26 de agosto

11/08/2021 - 09h41 - Atualizada em: 11/08/2021 - 09h49

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Janete Borges é a chef da segunda edição da Confraria Itapema
Janete Borges é a chef da segunda edição da Confraria Itapema
(Foto: )

Entre idas e vindas ao mar, a chef Janete Borges aprendeu a carregar consigo o que é primordial e belo. O hábito começou na infância, quando recolhia as conchas que encontrava pelas areias de Ubatuba-SP. Tardes de verão em família, de acampamento em barracas enormes, daquelas com quarto, sala e cozinha, onde mexilhões frescos eram cozidos na água salgada.

Hoje, à frente do restaurante Vista Nipô, a paulistana radicada em Florianópolis usa faca e fogo para expressar em forma de obras de arte sua personalidade inquieta e transformadora.

Discípula de Alex Atala, participante da primeira edição do reality Mestre do Sabor (Globo), em 2019, e eleita a melhor chef catarinense no Prêmio Dolmã do ano passado, Janete Borges é a profissional convidada da próxima edição da Confraria Itapema, dia 26 de agosto, a partir das 20h.

> Veja como participar da segunda noite da Confraria Itapema 2021

– Estou curiosa para chegar na hora e ver como as pessoas fizeram, se deu tudo certo – comenta a profissional, referindo-se ao formato híbrido do evento, que mescla experiências on e offline.

De casa, os participantes vão acompanhar as atrações da live apresentada por Leo Coelho e Beatriz Cerino, enquanto saboreiam o jantar preparado a partir de uma das duas receitas assinadas pela chef. Um ravioli de carne ao molho de cogumelo ou, como opção vegetariana, um ravioli com ricota ao molho de cogumelo.

Os ingredientes para o preparo são entregues em um box gourmet, acompanhado de receita e uma garrafa de Sangiovese 2017 Castelo de Magione.

– Escolhi pratos com elementos relativamente comuns, mas que trazem na elaboração alguns segredos que tornam o sabor complexo. Tem uma pegada oriental, com saquê, que com certeza vai surpreender – garante ela.

Durante a transmissão, o público pode interagir com a própria chef, que estará conectada para falar do prato e dividir saberes que acumulou ao longo de uma carreira de sucesso na cozinha.

"Só sei que nada sei"

A chef Janete Borges repete a frase de Sócrates como um compromisso para continuar se aperfeiçoando e descobrindo o novo.

– Na cozinha, quando mais se fuça, mais a gente percebe que não conhece nada – afirma a paulistana de São José dos Campos, que deve ao acaso sua entrada na culinária profissional – Por volta dos 20 anos fui morar em São Paulo, fazer propaganda e marketing. Arrumei um bico como garçonete e, quando dei por mim, estava nas panelas – relembra.

A experiência serviu de estímulo para o ingresso em um curso do Senac. Entre lições práticas na bancada e leitura dos clássicos, a afinidade com o assunto e uma ousadia natural guiaram seus passos até as portas do prestigiado D.O.M., do chef Alex Atala.

– O trabalho no D.O.M me apresentou uma gastronomia de excelência, com muita organização, dando importância ao mise en place, buscando atingir a complexidade de molhos e uma gama enorme na combinação de sabores. Foi uma escola – reconhece.

Janete então casou-se e escolheu Florianópolis para colocar em prática os aprendizados, atraída pelo potencial turístico do litoral catarinense. Matriculada na unidade do Senac da capital, foi convocada para compor a equipe responsável pelo jantar de inauguração do Hotel Majestic, na Avenida Beira-Mar Norte.

Abriu seu primeiro restaurante na Ilha em área nobre, ao lado do Empório Bocaiúva. O Dona Cê, com buffet executivo, que ficou aberto até que um empresário de Curitiba a convidasse para assumir a cozinha do Pulau Magik, na Lagoa da Conceição. O primeiro restaurante a ter cardápio do D.O.M. fora de São Paulo, servindo delícias como o atum em crosta de gergelim com soutê de cogumelos com pupunha e molho de mel e limão. Sucesso de público, de qualidade atestada pelo próprio Atala.

A hotelaria e a maturidade na carreira

Mas Janete queria mais e encontrou na Hotelaria o novo rumo que tanto buscava para a carreira.

No Costão do Santinho, em 2005, chegou a comandar uma brigada de 130 pessoas ao lado do chef Anderson Quevedo. O desafio: consolidar o Restaurante Vitória, até então de culinária francesa, como referência de inovação em comida contemporânea brasileira.

– Acho que foi onde eu mais pude criar e explorar texturas, sabores, fermentações. Ia a muito a eventos em São Paulo, trocava ideia com chefs bacanas, de várias partes do país, e trazia muita coisa pra cá, sempre tentando incorporar ingredientes locais – conta.

Em 2012, ela saiu para assumir o Il Campanário. Antes, dividiu a cozinha com o chef Narbal, no antigo Recanto dos Brumidores, na praia dos Ingleses.

– O Narbal é pescador como meus pais e admirava demais o trabalho dele. O que ele tem de doido, tem de genial. Foi um dos profissionais com quem mais aprendi, principalmente a identificar valor em produtos locais, em ressignificar coisas que já são banais para o público – reconhece.

Como na infância, quando voltava da praia com as melhores conchas entre seus irmãos, Janete soube coletar estes e outros ensinamentos para se posicionar como uma das principais chefs de Santa Catarina. Reconhecida a ponto de ser convidada para participar do Mestre do Sabor, reality comandado pelo chef Claude Troisgros.

Na época, a produção da Globo foi encontrá-la envolvida com o projeto pioneiro da Charcutaria do Mar, com desenvolvimento de técnicas para a cura e defumação de peixes, crustáceos e moluscos.

– Tenho essa paixão por frutos do mar e queria ir além do salmão defumado. Já havia feito experiências no Costão, mas foi na parceria com a Duca Charcutaria que essas iniciativas deslancharam – relembra.

A produção de karasumi, a partir da salga das ovas da tainha, entre outras técnicas desenvolvidas com pescados, acabou por posicionar Janete Borges como nome ideal para assumir o Vista Nipô.

A cada três meses, ela expressa nos cardápios da casa os saberes que acumulou a cada trabalho. Mesmo assim, mantém-se modesta, negando que sabe o que poucos conseguem fazer, como o Noritaco de Atum curado, com maionese de wasabi e kimchi.

– Sigo aprendendo, mergulhando em clássicos orientais para conseguir seguir inovando. Estou fascinada pela criação de sushis, tão preciosos e complexos – acrescenta.

Janete segue assim os passos de menina, em busca do primordial e belo das coisas.

Harmonize-se

Para conhecer mais do talento da chef Janete Borges, adquira até o dia 19 de agosto o box gourmet no site http://www.confrariaitapema.com.br. Lembrando que o jantar serve até 2 pessoas.

A temporada 2021 da Confraria Itapema vai além do evento online ao sintonizar participantes distantes por meio dos mesmos aromas, cores e sabores. Com o slogan “Harmonize-se”, a ação é um convite à degustação de pratos únicos, bons vinhos, combinados com o melhor da música nacional e internacional.

Até o mês de novembro, serão mais quatro jantares exclusivos com os melhores chefs da Grande Florianópolis, recepcionados por Léo Coelho e por Beatriz Cerino.

O projeto é uma realização da Itapema e conta com o oferecimento dos parceiros Decanter, Escritolândia, EQI Investimentos, Ford Dimas, Piemonte, Casa & Design e Brognoli.

Serviço

O quê: Confraria Itapema 2021 - 2ª edição

Como funciona: Receba em casa um box gourmet com receita assinada pela chef Janete Borges, todos os ingredientes necessários para prepará-la e o melhor vinho para harmonizar com o prato. Deguste o seu box acompanhando um evento online exclusivo, com seleção de músicas da Itapema e a participação de convidados especiais.

O Box Gourmet

- Receita (opção 1) - Ravioli de ricota ao molho de cogumelo

- Receita (opção 2) - Ravioli de carne ao molho de cogumelo

Harmonização: Sangiovese 2017 Castelo de Magione

Evento online: 26 de agosto, às 20h - exclusivo para quem adquirir o box.

Quanto: R$175,00 + taxas

Clique aqui para adquirir o seu box.

*Entregas válidas para a Grande Florianópolis (Florianópolis, São José, Palhoça, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz, Governador Celso Ramos, Antônio Carlos, Águas Mornas e São Pedro de Alcântara).

Acompanhe o canal especial da Confraria Itapema e fique por dentro do evento mais charmoso da ilha

Colunistas