nsc

Pandemia

Coronavírus ainda impede visitas presenciais no sistema prisional de SC, avalia secretário

Encontros entre internos e familiares estão suspensos desde o mês de março

10/09/2020 - 14h21

Compartilhe

Kadu
Por Kadu Reis
Secretário de Administração Prisional, Leandro Lima, concedeu entrevista ao Direto da Redação
Secretário de Administração Prisional, Leandro Lima, concedeu entrevista ao Direto da Redação
(Foto: )

As visitas presenciais no sistema prisional catarinense estão suspensas desde o mês de março por conta da pandemia do coronavírus e ainda não têm data definida para serem retomadas. De acordo com o secretário de Administração Prisional (SAP), Leandro Lima, os encontros serão permitidos quando existir segurança sanitária adequada. A declaração foi dada em entrevista ao Direto da Redação desta quinta-feira (10).

> Renato Igor: suspensão de visitas aumenta a tensão no sistema carcerário de SC

— Temos que preservar a vida. É o que temos feito. Se não tivéssemos tomados estas medidas lá no início, agora estaríamos sendo cobrados por 300 mortes a mais do que temos hoje, considerando a taxa de letalidade do estado. Poderia ser uma grande tragédia. Nossa mensagem é clara. Tão logo seja possível retomar as visitas presenciais, com segurança, critério sanitário, retomaremos — afirma Leandro Lima.

Ouça a entrevista com o responsável pela Secretaria de Administração Prisional de SC:

Desde o início da pandemia, três mortes foram registradas no sistema prisional catarinense. Foram registrados os óbitos de dois internos e um servidor. Por conta dos cuidados em relação ao coronavírus, apenas visitas virtuais são permitidas. A SAP contabiliza 46 mil encontros por vídeo e 82 mil e-mails trocados.

> Suposto esquema de fraudes contra a Celesc é alvo de operação policial em SC

— A taxa de letalidade do coronavírus em Santa Catarina é 1,27%, a menor do Brasil. No nosso sistema prisional é 0,15%, várias vezes menor do que a média estadual. Tivemos infelizmente três mortes. Mas aplicando o índice de letalidade do Estado, estaríamos falando em 302 mortos — argumenta o secretário de Administração Prisional.

O Governo de Santa Catarina planeja uma retomada gradual das visitas presenciais no sistema prisional, que terá data definida a partir dos indicadores do coronavírus. As atividades de trabalho e estudos dos internos voltaram com regras estabelecidas junto à Secretaria de Estado da Saúde.

> Escolas de SC vão mapear alunos que podem ter aulas presenciais

Colunistas