nsc
    hora_de_sc

    Internet

    Coronavírus: atualização do Facebook permite abraço à distância

    Rede social tenta abraçar o mundo por meio de emojis

    17/04/2020 - 16h19

    Compartilhe

    Por AFP
    Facebook faz atualização durante pandemia de coronavirus
    Facebook faz atualização durante pandemia de coronavirus
    (Foto: )

    O Facebook está tentando abraçar o mundo, na forma de um emoji que as pessoas podem usar enquanto permanecem em casa durante a pandemia de coronavírus. A quantidade de emojis disponíveis para uso nesta rede social será ampliada na próxima semana, com figurinhas como a clássica carinha amarela, agora abraçando carinhosamente um coração vermelho.

    > TikTok: entenda a nova febre das redes sociais

    A iniciativa de expressar "cuidado" será acrescentada aos emojis já existentes, como o botão "curti" e ícones mais recentes para expressar amor, felicidade, tristeza, raiva e medo.

    “Estamos lançando novos ícones de reação para o Facebook e Messenger como forma de fazer as pessoas mostrarem seu apoio umas às outras nesse momento delicado. Nós esperamos que essas reações permitam que as pessoas tenham outras formas de demonstrar apoio durante a crise da #COVID19”, explicou o porta-voz da rede social Alexandru Voica em uma série de tuítes nesta sexta-feira (17).

    Faz cinco anos que o Facebook expandiu suas opções de emojis para expressar sentimentos de forma a usá-las ao clicar em uma carinha e selecionar a expressão que preferir para mandá-la para um amigo.

    ​​​> Em site especial, saiba tudo sobre o novo coronavírus

    O novo símbolo "estará disponível em todo o mundo na próxima semana e poderá ser usado para reagir a posts, comentários, imagens, vídeos e qualquer outro conteúdo no aplicativo e no Facebook.com", disse Voica.

    A versão do Messenger para plataformas móveis também receberá um novo emoji - um coração vermelho desenhado como se estivesse batendo. O uso do Facebook e dos seus serviços, incluindo mensagens e chat de vídeos - usados por mais de dois bilhões de pessoas - aumentou após o confinamento, período em que muitas pessoas em todo o mundo utilizam as redes sociais para manter contato com amigos e entes queridos.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas