nsc
dc

Precaução

Coronavírus: Chapecó tem 37 servidores da saúde afastados 

Alguns são de grupos de risco e outros apresentaram sintomas

16/04/2020 - 16h17

Compartilhe

Darci
Por Darci Debona
Chapecó tem dez novos leitos de UTI
Prefeito anunciou que profissionais da saúde estão sendo testados
(Foto: )

Em Chapecó 37 servidores da saúde estão afastados de suas atividades, segundo informação divulgada pelo prefeito Luciano Buligon, em entrevista ao Bom Dia Santa Catarina desta quinta-feira. Lembrando que o município tem mais de mil pessoas atuando no combate ao vírus.

De acordo com informações da diretoria técnica da Secretaria de Saúde do Município, nesse grupo estão servidores pertencentes aos grupos de risco e também outros que apresentaram sintomas do coronavírus. Eles serão testados, assim como estão sendo testados outros profissionais.

De acordo com o prefeito Luciano Buligon, o município recebeu 400 testes na semana passada, que vieram de avião, sendo que 200 foram para os hospitais e 200 para os funcionários da saúde.

- Já testamos cerca de 30%. Além dos profissionais da saúde estamos testando pacientes com sintomas. Estamos seguindo recomendações técnicas e científicas no combate ao Covid-19 – disse. No entanto os testes só estão sendo feitos em pacientes com sintomas graves.

Os sintomas leves devem ficar em casa e fazer consulta por telefone, pelo número da Central de Triagem Médica, que é o 2049-6500. Os casos que necessitam de atendimento presencial devem ir para o ambulatório de campanha, que foi instalado na escola Marechal Bormann.

Durante a entrevista aos apresentadores Rafael Faraco e Eveline Poncio o prefeito destacou que foram implantados 10 novos leitos de UTI no Hospital Regional do Oeste, sendo que até o momento somente um está sendo ocupado, por um paciente de outro município da região.

Chapecó tem apenas seis casos confirmados, sendo cinco recuperados. Existe apenas um suspeito e 80 foram descartados.

Buligon disse que existe um planejamento para que o número de leitos de UTI possa chegar a até 100, em caso de agravamento dos casos da doença.

​​​Em site especial acompanhe todas as notícias sobre o coronavírus

Colunistas