nsc
an

Prevenção

Coronavírus em SC: padre faz confissão de fiéis em "drive thru" em São Bento do Sul

Sistema respeita a distância entre as pessoas e evita a aglomeração dentro da igreja

31/03/2020 - 19h05

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Atendimento acontece no pátio da igreja
Atendimento acontece no pátio da igreja
(Foto: )

Com o período de isolamento social por causa da pandemia de coronavírus em Santa Catarina, um padre de São Bento do Sul inovou e decidiu realizar a confissão de fiéis em um sistema de drive thru. O modelo, já famoso no setor de alimentos, tem sido usado para vacinação de idosos contra a gripe e agora foi adaptado para a religião.

> Em site especial, saiba tudo sobre o coronavírus

A ideia foi do padre Fábio Bosco, que atua na paróquia Nossa Senhora Aparecida, no bairro Oxford. Segundo ele, é comum aumentar a procura pelas confissões no período próximo da Páscoa.

- Eu recebi essa ideia de um padre amigo meu que é de Portugal e sei que outros sacerdotes também fizeram aqui no Brasil. O importante é que a pessoa tenha feito uma boa preparação antes, com um exame de consciência adequado - conta.

O espaço usado para o drive thru foi o pátio da igreja, em um local aberto com acesso para os veículos. Tudo para respeitar a orientação de manter uma distância entre as pessoas, evitando aglomerações e o contágio do coronavírus. Assim, as pessoas conseguem se confessar de dentro dos próprios carros.

- A iniciativa foi feita pela primeira vez no domingo (29) pela manhã e à noite. Deu tão certo que vamos repetir nos próximos dias e durante a Semana Santa, que antecede a Páscoa - explica o padre.

Leia ainda: Empresário de Joinville que morreu por coronavírus era um "construtor de sonhos e do desenvolvimento"

Atendimento acontece no pátio da igreja
Atendimento acontece no pátio da igreja
(Foto: )

Missas e celebrações suspensas

A igreja Nossa Senhora Aparecida, de São Bento do Sul, faz parte da Diocese de Joinville, que suspendeu as missas, celebrações, encontros e reuniões por causa do isolamento social determinado em todo o Estado.

As celebrações continuam sendo realizadas, com transmissão pelas redes sociais, mas com a presença exclusiva dos sacerdotes. A decisão vale para Joinville e outras 17 cidades de abrangência da diocese.

As igrejas permanecem abertas aos fiéis interessados em fazer as orações individuais. A suspensão, adotada por prazo indeterminado, foi estendida também para reuniões, grupos de oração e formações.

Leia também:

Coronavírus: sintomas, tratamento e como prevenir

Colunistas