nsc
    dc

    Pandemia

    Coronavírus: Trump suspende viagens da Europa aos EUA; NBA para temporada e Conmebol adia Eliminatórias

    Em pronunciamento, presidente norte-americano disse que são medidas duras, porém necessárias para evitar o surgimento de novos focos do que ele chamou de "infeção horrível" no país

    11/03/2020 - 22h12 - Atualizada em: 12/03/2020 - 11h30

    Compartilhe

    Folhapress
    Por Folhapress
    Donald Trump
    Donald Trump
    (Foto: )

    O presidente Donald Trump afirmou na noite desta quarta-feira (11) que vai suspender todas as viagens da Europa que tenham como destino os Estados Unidos (EUA) por 30 dias a fim de restringir o espalhamento do novo coronavírus. Ainda nos EUA, a NBA suspendeu a temporada após um jogador ser diagnosticado com a doença. Já na América do Sul, a Conmebol adiou as duas primeiras rodadas das Eliminatórias.

    Em pronunciamento à nação, Trump disse que são medidas duras, porém necessárias para evitar o surgimento de novos focos do que ele chamou de "infeção horrível" no país. Ele disse que a Europa falhou em restringir as viagens da China. O presidente americano também disse que as medidas podem ser reavaliadas no futuro e reforçou a necessidade de a população manter os hábitos de higiene.

    Em conversa que diz ter tido com representantes do setor de saúde, ficou acordado que os pagamentos adicionais aos planos de saúde (copayements) devido ao novo coronavírus serão desconsiderados.

    — Nós estamos juntos nessa, precisamos colocar a política e os partidos de lado — disse.

    O país contabiliza até o momento mais de 1.200 casos da doença e pelo menos 37 mortes.

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) decidiu, nesta quarta-feira (11), declarar que há uma pandemia do novo coronavírus em curso no mundo com a sua disseminação por mais de cem países, em todos os continentes.

    O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que declarar pandemia não significa que a situação está fora de controle nem que mundo deva abandonar as medidas de contenção e passar a pensar em mitigação. Pelo contrário: ele pediu ações mais agressivas.

    Segundo a tabulação da Universidade Johns Hopkins, até a noite desta quarta, havia mais de 125 mil casos confirmado de covid-19 em todo o mundo, com mais de 4.600 mortes.

    Leia mais: Coronavírus: como e quando usar máscaras e álcool gel

    NBA e Eliminatórias

    A NBA anunciou, na noite de quarta-feira (11), a suspensão do campeonato. A liga norte-americana de basquete informou que um jogador do Utah Jazz teve um diagnóstico preliminar de infecção pelo novo coronavírus e decidiu interromper a temporada 2019/20.

    O resultado do teste saiu instantes antes do início da partida entre o Jazz e o Oklahoma City Thunder, em Oklahoma. Após cerca de meia hora, o jogo acabou sendo cancelado por "circunstâncias imprevistas", e o público foi informado de que não se tratava uma situação de emergência.

    Em seguida, a NBA publicou uma nota na qual informava a suspensão da competição. De acordo com o comunicado, a liga "vai usar o hiato para determinar os próximos passos em relação à pandemia do coronavírus".

    Também na noite desta quarta, de acordo com o site GloboEsporte.com, as duas primeiras rodada das Eliminatórias para a Copa de 2022 serão adiadas pela Conmebol. O motivo também é o coronavírus. A entidade ainda anunciará a decisão.

    Leia também

    Os desafios da cientista negra que coordena a equipe de brasileiros que isolou o genoma do Coronavírus

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas