nsc
    hora_de_sc

    Feminicídio

    Corpo de mulher é encontrado no porta-malas de carro em São José; companheiro está foragido

    Vítima estava desaparecida desde a madrugada de sexta (10)

    12/07/2020 - 09h35 - Atualizada em: 14/07/2020 - 10h48

    Compartilhe

    Por Guilherme Simon
    Carro onde mulher foi encontrada morta em São José
    Corpo foi encontrado dentro do carro da vítima, no estacionamento de um supermercado em São José
    (Foto: )

    O corpo de uma mulher foi encontrado dentro do porta-malas do próprio carro neste sábado (11), no estacionamento de um supermercado em São José, na Grande Florianópolis. A vítima foi identificada como Patrícia Vicente, conforme o Instituto Médico Legal (IML) da Capital. Ela tinha 43 anos.

    > Morte de ex-agente penitenciário encontrado carbonizado em trilha é investigada em Florianópolis

    Segundo a delegada Daiana da Luz, da Delegacia da Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami) de Palhoça, responsável pela investigação, o caso é tratado como feminicídio. Ainda de acordo com a policial, a principal suspeita é que Patrícia tenha sido morta pelo companheiro, que está foragido. O nome dele não foi divulgado.

    Patrícia Vicente morava no bairro Ponte do Imaruim, em Palhoça, também na Grande Florianópolis, e estava desaparecida desde a madrugada de sexta-feira (10). Desde então, a polícia fazia buscas à procura do paradeiro dela.

    Na noite deste sábado, o carro da mulher, um Renault Clio, foi localizado no estacionamento de um supermercado de São José. A Polícia Militar e a Polícia Civil foram acionadas e encontraram o corpo dentro do veículo.

    > Nova gasolina se torna obrigatória em agosto e deve ser mais cara

    De acordo com a delegada Daiana da Luz, a vítima tinha uma marca de agressão no pescoço. A análise preliminar da perícia apontou que Patrícia foi morta por estrangulamento, mas a polícia ainda aguarda o laudo do Instituto Geral de Perícias (IGP) para confirmar a causa da morte.

    — Estamos trabalhando no caso desde sexta-feira, tentando localizar o foragido e colhendo mais provas para poder terminar o inquérito o quanto antes e solucionar o caso (...) A principal suspeita recai sobre ele, o companheiro da vítima. Ele é considerado foragido — declarou a delegada Daiana da Luz, em entrevista por telefone à Hora de Santa Catarina na manhã deste domingo (12).

    > Saiba como é feito em SC o atendimento das vítimas que buscam socorro nas Dpcamis

    Ainda conforme a delegada, umas das frentes da investigação é a análise de imagens de câmeras de segurança. Uma delas, da casa de um vizinho da vítima, teria flagrado o momento em que a mulher é colocada no porta-malas do carro pelo companheiro. A delegada preferiu não comentar o teor das imagens. Registros de câmeras do supermercado também estão sob análise.

    Patrícia Vicente
    Patrícia Vicente tinha 43 anos
    (Foto: )

    A delegada também informou que Patrícia e o companheiro mantinham um relacionamento há cerca de um ano. Não há registros de boletins de ocorrência da vítima contra o homem. Porém, segundo a delegada, o suspeito tem histórico de agressão à mulher em outros relacionamentos. Ao menos duas mulheres já o haviam denunciado.

    > Painel do Coronavírus: veja em mapas e gráficos a evolução dos casos em SC

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas