nsc
hora_de_sc

Polícia

Criança de 11 anos é atingida por tiros enquanto atravessava propriedade em Tijucas

Vítima foi socorrida e passa bem; suspeito foi localizado e preso

22/07/2021 - 10h46

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Homem negou a autoria do crime, mas foi reconhecido pela vítima
Homem negou a autoria do crime, mas foi reconhecido pela vítima
(Foto: )

Uma criança de 11 anos foi ferida por um disparo de arma de fogo enquanto atravessava uma propriedade para cortar caminho em Tijucas, na Grande Florianópolis. O caso aconteceu por volta das 20h de quarta-feira (21). Segundo a Polícia Militar, a vítima estava com amigos quando o grupo ouviu um grito e em seguida um tiro na direção que se deslocavam.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Somente a criança ficou ferida. Ela foi atendida pelo Corpo de Bombeiros Militar e ainda no local relatou à PM o ocorrido. A vítima foi levada para um hospital da região.

Foi constatado no hospital que o ferimento do menino foi causado por um projétil. A bala atravessou o corpo da vítima. Apesar do susto, ele não precisou ser hospitalizado e teve alta ainda na noite de quarta-feira.

Duas guarnições da Polícia Militar foram acionadas. Uma delas se deslocou até a casa do suspeito. O local foi arrombado pelos agentes após tentativas fracassadas de contato com o homem de 61 anos, que supostamente estaria na residência. Ele não foi encontrado no local. A arma possivelmente usada no crime também não foi localizada.

Outra viatura seguiu nas buscas na região próxima à propriedade e localizou o suspeito andando de bicicleta. Ele carregava uma faca de serra no bolso. Questionado sobre o crime, o homem negou a autoria.

Segundo o delegado Ricardo Melo, que atendeu a ocorrência, o homem disse que teria se medicado e dormido até as 19h. Depois disso ele acordou e foi até o estábulo da propriedade. Ele teria notado que um dos cavalos fugiu e, em sua versão, pegou a bicicleta para procurá-lo.

A versão difere da apresentada pela vítima e pelos amigos que estavam com ele. Todos, segundo o delegado, reconheceram o suspeito. Elas teriam dito ainda que ele gritou “seus desgraçados” ao flagrar o grupo caminhando pelo local.

O homem foi encaminhado para a delegacia e realizou um exame de corpo de delito. O suspeito foi preso em flagrante por tentativa de homicídio.

Leia também

Imóveis de Neymar em SC somam R$ 60 milhões; veja quais são

Pode beber depois de tomar a vacina da Covid-19?

Polícia Federal faz operação em três cidades de SC contra dinheiro de tráfico e prostituição

Colunistas