nsc
an

Apreensão

Criança de 7 anos tem mini-Fusca guinchado pela polícia em SC

Segundo a PM, família já havia sido orientada a não transitar com o brinquedo; mãe diz não saber da necessidade de autorização para conduzir o carro em via pública

05/01/2022 - 07h03 - Atualizada em: 05/01/2022 - 07h27

Compartilhe

Sabrina
Por Sabrina Quariniri
Carolina
Por Carolina Fernandes
Carrinho foi guinchado pela PM na noite de sábado (1°)
Carrinho foi guinchado pela PM na noite de sábado (1°)
(Foto: )

Uma menina de sete anos que estava acompanhada do pai teve seu mini-Fusca apreendido pela Polícia Militar enquanto fazia uma passeio pelas ruas de Itapoá, no Norte de SC, no último sábado (1°). A família, que é do Paraná, tem casa na cidade e passava o réveillon na praia. As informações são do g1

> ​Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

A mãe da criança, Simone Franca, seguia com o carro da família atrás do brinquedo e conta que o veículo estava sendo conduzido pelo pai quando foram abordados pelos policiais. Segundo a Polícia Militar, a família já havia recebido orientações para não transitar na rua com o carro infantil. 

A PM alega que o veículo foi guinchado "por não oferecer condições de segurança, não possuir documentação necessária e por ser 'dirigido' por pessoa não habilitada". 

A polícia ainda acrescentou que quem estava na condução do veículo, na verdade, era a criança e o pai pode responder criminalmente "por entregar o veículo a condutor não habilitado e menor de idade". Segundo a esposa, o homem foi multado e teve a habilitação suspensa. O valor da multa não foi informado. 

Veículo segue guinchado

Simone contou ao g1 que, logo após a abordagem policial, a PM já acionou o guincho para levar o carrinho. A mulher relatou que nem teve tempo de mostrar a nota fiscal do brinquedo, que foi comprado no ano passado, e afirmou que um policial chegou a solicitar o licenciamento especial do veículo. 

Família diz que voltava de um passeio no momento em que foram abordados
Família diz que voltava de um passeio no momento em que foram abordados
(Foto: )

— Não sabíamos que precisava [de uma autorização]. Nós vemos mobilete, carrinho e bicicleta elétrica andar [na rua] e nunca imaginamos que não poderia. Eu disse para o policial que iríamos levar para casa e não iríamos tirar mais [da residência] — disse.

Ainda conforme a mãe da menina, o brinquedo custou cerca de R$ 12,5 mil, funciona com um motor de 40 cilindradas e é movido a gasolina. Na cidade onde moram, em São José dos Pinhais (PR), Simone diz que é comum que a criança brinque com o carrinho, acompanhada da família. 

A família já retornou para casa e pretende acionar um advogado para recuperar o brinquedo. A mulher conta que, na segunda-feira (3), chegou a ir até a delegacia para tentar recuperar o mini-Fusca, mas foi informada que precisaria esperar a abertura do fórum de Itapoá. Portanto, resolveram voltar para São José. 

— Ela [criança] tá super assustada. Ela vê viatura na rua e fica assustada —, contou ao g1.

Leia também

Dona de quiosque que pegou fogo em São Francisco do Sul desabafa: "Fim do meu sonho"

Morador de SC volta da pescaria e descobre estar milionário; vídeo mostra a reação​​​

Satélite espião soviético entra na atmosfera após 39 anos e é flagrado por estação de SC

Foragido do Presídio de Joinville é capturado em frente a sorveteria em Mafra

Edital para duplicação de mais de R$ 200 milhões no Norte é suspenso

Colunistas