nsc
hora_de_sc

Dicas

Cuidados necessários com a higiene bucal das crianças

Saiba como inserir o cuidado com a saúde bucal na rotina dos pequenos

08/10/2020 - 11h46 - Atualizada em: 10/11/2020 - 08h59

Compartilhe

Por Agência Estado
Incentive a higiene bucal nas crianças
Incentive a higiene bucal nas crianças
(Foto: )

Cuidar da higiene bucal das crianças é muito importante par evitar complicações. Por isso, os pais precisam incentivar a escovação dos filhos. Mas como conquistar os pequenos para a realização dessa tarefa? O segredo é transformar a atividade em algo divertido, evitando transformar o momento apenas em uma obrigação.

Existem várias formas e técnicas de escovação. Cada criança precisa usar uma diferente. Só um profissional, no entanto, é capaz de identificar qual é a mais indicada para o seu filho. Por isso, é importante consultar um odontologista.

> Catapora: contágio, prevenção e tratamento

Dicas de higiene bucal para crianças

Torne a escovação divertida

Independentemente da técnica recomendada pelo profissional, os pais precisam abusar da criatividade para transformar esse momento em uma ação divertida. Brincando fica bem mais fácil ensinar. Uma dica é contar os dentes com a criança e, a partir daí, higienizar todos eles, sem esquecer nenhum.

Escovar os dentes na hora do banho pode ser uma boa brincadeira
Escovar os dentes na hora do banho pode ser uma boa brincadeira
(Foto: )

Incentive o uso de fio dental

Outro aliado da boa higiene, o fio dental também precisa ser incentivado. Na última escovação do dia, ou seja, no período noturno, ele é de extrema importância. Não podemos esquecer ainda de limpara língua e usar fio dental.

Atenção aos enxaguantes bucais em crianças

Existem muitas ferramentas de higiene que podem ser utilizadas, como os limpadores de língua. Já os enxaguantes bucais exigem cuidado, devendo ser utilizados apenas após a indicação de um dentista.

Nem todas as crianças estão preparadas para usar esse produto. Afinal, é preciso controle para não engolir o líquido. Para fazer um teste, basta colocar um pouco de água em um copo e pedir para a criança bochechar. A quantidade de água devolvida para o copo depois do bochecho deve ser igual à inicial. Só assim é possível ter certeza de que o líquido não está sendo engolido.

> Como proteger as crianças de abusos e entender os sinais de atenção

Colunistas