nsc
hora_de_sc

Presentes

De onde vem a tradição de dar presentes no Natal?

Você sabe porque presenteamos as pessoas no natal? Conheça a seguir, o motivo desta tradição!

01/12/2020 - 06h00 - Atualizada em: 02/12/2021 - 12h43

Compartilhe

Redação
Por Redação Hora
Presentear no Natal
Presentear no Natal aquece a economia e representa a fraternidade e carinho
(Foto: )

Você sabe de onde vem a tradição de dar presentes na época do natal? Esta festa mundialmente conhecida como a comemoração em que os cristãos celebram o nascimento do Menino Jesus reúne familiares e amigos para festejar e trocar lembranças, por menores que elas sejam. Ainda que a origem real desta data não seja conhecia, ela foi oficialmente criada no ano de 354, pelo Papa Libério.

> Compartilhe esta notícia no WhatsApp

A troca de presentes é reconhecida pelo história bíblica em que os três reis magos, Belchior, Baltazar e Gaspar, ao visitar o menino Jesus em Belém, após seu nascimento, o presentearam com ouro, mirra e incenso. Contudo, outra história também serviu como inspiração para a troca de presentes durante este período do ano.

> Sugestões de presente de Natal em 2021

O personagem do Papai Noel é menção ao bispo romano do século V, São Nicolau. Segundo a história, o bispo oferecia no dia 6 de dezembro donativos às filhas de um homem pobre, sempre às escondidas. Por isso, foi criado o dia de São Nicolau, como uma forma solene de homenageá-lo.

Logo essa comemoração foi fundida com o período natalino e, por meio dessa história, também foi originada a tradição do amigo secreto no natal. Como uma maneira de presentear as pessoas de forma escondida, essa tradição pode ser realizada pela troca de presentes após a escolha de nomes de forma escondida, ou ao colocar as lembranças embaixo da árvore de natal com um bilhete, sem que ninguém saiba o responsável.

> Árvore de Natal: conheça a história e o significado

A tradição religiosa de trocar presentes no natal

Para os religiosos, a tradição de dar presentes é fortemente ligada a memória da visita dos reis magos ao Menino Jesus. Afinal, tudo que foi oferecido tinha um significado simbólico para que fosse reconhecida na criança de Belém o próprio Deus que se fez humano, a fim de reinar sobre seu povo.

Entretanto, a tradição religiosa acabou se tornando uma celebração comercial, com o verdadeiro sentido que busca comemorar a alegria e presença de pessoas queridas sendo sufocado pelo consumismo que vivemos atualmente. Em muitos lugares, a simbologia de presentear uma pessoa querida acabou dando espaço para a necessidade do presente físico.

Época para aquecer a economia

Com a mudança na intenção de presentear, o natal acabou se tornando um grande evento do comércio, em que acontece a alta nas vendas, aquecendo a economia. No Brasil, a estação de natal acontece também na época do pagamento do 13º salário, bonificação que também é chamada de gratificação natalina por um importante motivo.

> Melhores filmes de Natal da Netflix para assistir em 2021

Além disso, as férias escolares de verão são uma oportunidade para que muitas famílias antecipem suas viagens, passando as festas natalinas em locais turísticos. É nesse período que o trabalhador acaba movimentando boa parte de suas economias e, muitas vezes, isso pode acontecer sem que aconteça um planejamento adequado para se proteger na chegada das também tradicionais despesas do início do ano, como material escolar, IPTU e IPVA.

Uma tradição que continua após muitos séculos

Com o passar de muitos anos, o simbolismo por trás do ato de presentear as pessoas no natal acabou ficando para trás. No entanto, a tradição da troca de presentes continua viva, mesmo após tantos séculos. Além disso, ela passou a se difundir por todo o mundo, aumentando seu poder pelo consumismo que a vida moderna pode nos oferecer.

> Qual o dia certo de montar a árvore de Natal?

Com shoppings cheios de vitrines atrativas, coloridas e com artigos que chamam atenção de crianças a adultos, é difícil não se render ao espírito natalino, ainda mais com a presença do papai noel tão próxima, mesmo em um país tropical como o Brasil.

Nesse período de festividade, o costume de presentear pessoas e realizar brincadeiras como o amigo secreto é incentivado, aproximando familiares, colegas de trabalho e amigos. Ainda que a verdadeira intenção da tradição de dar presentes de natal tenha sido esquecida, o simples ato de presentear alguém já contribui para incentivar boas atitudes, promovendo o respeito, compreensão e gratidão em muitos.

A importância de presentear no natal

Assim como o Brasil, países como a França, Finlândia, Itália, Bélgica e Estados Unidos comemoram o natal com a tradicional troca de presentes. Contudo, para muitos outros, dar e receber presentes ainda é um ato mantido pelo significado original de sua história.

Presentar alguém no natal deve ser uma forma de expressar a partilha, fraternidade, solidariedade e gratidão. O presente físico deve representar o desejo de compartilhar a vida e experiências com o próximo, resgatando o verdadeiro espírito desta festividade.

> Como o Natal é celebrado no mundo; veja comemorações estranhas e diferentes

Por fim, grande parte das pessoas não podem contar com o privilégio de trocar presentes, nem mesmo no natal. Por esse motivo, você pode ser o papai noel na vida de muitos. Como o exemplo do bispo São Nicolau, é possível manifestar os melhores sentimentos nesse período, contribuindo para a arrecadação de brinquedos, agasalhos, alimentos para serem doados. Essa é uma das formas mais tradicionais de conhecer o verdadeiro espírito de solidariedade representado no natal.

Você também pode querer ver

Leia também

Casas iluminadas de Blumenau: onde ficam e como visitar as atrações do Natal 2021

Decoração de Natal: conheça as tendências para esta época do ano

Vai dar para fazer boneco de neve no Natal em Santa Catarina

Colunistas