O U.S. Marshals Service – Serviço de Delegados dos EUA – anunciou nesta semana uma recompensa de US$ 5.000 (cerca de R$ 27 mil) para quem levar informações que ajudem a prender o homem acusado de roubar os dois buldogues franceses da cantora Lady Gaga, 36, que foi acidentalmente liberado.

Continua depois da publicidade

Receba notícias do DC via Telegram

James Howard Jackson, 19, estava detido em uma prisão de Los Angeles, e foi libertado em abril. Ele foi acusado de tentativa de homicídio e roubo em segundo grau por atirar no funcionário que passeava com os cães da cantora e roubar os animais.

Segundo um comunicado da agência a imprensa, repercutido pelo jornal The New York Times, o homem foi libertado “erroneamente da custódia” por causa de um “erro administrativo”. “Jackson deve ser considerado armado e perigoso”, continua o texto. “Qualquer pessoa com informações sobre seu paradeiro deve entrar em contato com a polícia imediatamente.”

Ryan Fischer, o funcionário que foi baleado no ataque -que ocorreu em fevereiro-, disse em uma publicação no Instagram que Jackson deveria se render. “Peço que Jackson se entregue às autoridades para que a resolução do crime cometido contra mim siga seu curso, seja qual for o resultado que os tribunais determinarem”, escreveu ele.

Continua depois da publicidade

Jackson estava sob custódia há quase um ano, sob uma fiança de mais de US$ 3 milhões. Ele foi preso junto a outros quatro suspeitos no ano passado, depois que o passeador de cães, Fischer, foi baleado no peito por resistir a dois homens que tentavam levar os cães de Gaga, em fevereiro de 2021. Fischer sobreviveu à bala e os dois cães foram recuperados.

Segundo o site TMZ, o passeador de cachorros de 30 anos foi alvejado na noite do dia 24 de fevereiro. Ele estava com três cachorros da artista: Koji, Miss Asia e Gustavo. Embora dois tenham sido roubados, o terceiro, Miss Asia, correu, mas depois foi recuperado.

Leia também 

Mansões e barco: traficante que tinha vida de luxo é preso em SC

Venda de ingressos para Avaí x Flamengo acaba em 30 min e gera revolta de torcedores

Destaques do NSC Total