nsc
dc

Investigação

Desvio de dinheiro para obras desencadeia operação em cinco cidades do Sul de SC

Dezoito mandados de busca e apreensão são cumpridos na manhã desta quinta-feira (20)

20/05/2021 - 07h39 - Atualizada em: 20/05/2021 - 09h47

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Polícia apreendeu R$ 80 mil na casa de um dos investigados em Urussanga
Polícia apreendeu R$ 80 mil na casa de um dos investigados em Urussanga
(Foto: )

Dezoito mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos na manhã desta quinta-feira (20) na Operação Benedetta. A ação da Polícia Federal investiga a má aplicação de recursos públicos contratados pelo município de Urussanga, no Sul de Santa Catarina, com a Caixa Econômica Federal para o financiamento de despesas.

> Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Os mandados são cumpridos nas cidades de Urussanga, Orleans, Siderópolis, Tubarão e Criciúma, em endereços vinculados a empresas, órgãos públicos, servidores públicos e empresários.

Segundo a PF, a investigação foi iniciada em setembro de 2020. A fase de hoje busca obter indícios das supostas fraudes que teriam ocorrido em obras de pavimentação e de identificar a eventual participação de servidores públicos nos fatos.

Outro ponto da operação é apurar o destino do montante dos recursos supostamente desviados, que, em apenas uma das diversas obras financiadas, se aproxima de R$ 300 mil.

Na casa de um dos suspeitos, em Urussanga, a PF encontrou R$ 80 mil. Ninguém foi preso até o momento.

Caso comprovada a fraude, os investigados podem responder pela prática dos crimes de peculato, crime de responsabilidade e organização criminosa.

Leia mais:

Frentista é agredida no Alto Vale por colocar R$ 3 a mais por engano ao abastecer

Bebê nasce com anticorpos contra a Covid em Tubarão

Por ordem da Justiça, paralisação de servidores é suspensa em Criciúma

Colunistas