nsc
    dc

    Saúde

    Dia D da Vacinação imuniza 50 mil crianças contra a poliomielite em Santa Catarina

    Campanha ainda não chegou à metade da meta, que é atender mais de 325 mil crianças até o fim de outubro

    18/10/2020 - 05h00

    Compartilhe

    Cláudia
    Por Cláudia Morriesen
    foto mostra menino tomando a gotinha
    Crianças com até 4 anos, 11 meses e 29 dias devem tomar a vacina contra a poliomielite
    (Foto: )

    Mais de 50 mil crianças foram vacinadas contra a poliomilite no dia D para a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite em Santa Catarina, que ocorreu neste sábado (17). Os dados parciais foram divulgados durante a noite pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado. Foram imunizadas 50.707 crianças de 1 a 4 anos. 

    > Painel do Coronavírus: saiba como foi o avanço da pandemia em SC

    > Quer receber notícias da sua cidade por WhatsApp? Inscreva-se aqui

    A meta em Santa Catarina é vacinar 95% deste público, ou seja, 325.684 crianças. Desde 5 de outubro, no entanto, chegou a menos da metade deste número: 114.894 crianças foram atendidas pela campanha em todo o estado.

    O objetivo da campanha é reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no país. Ela ocorre até 30 de outubro em todas as regiões de Santa Catarina. Além disso, há possibilidade de colocar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes de até 14 anos em dia neste período, quando ocorre também a Campanha Nacional de Multivacinação. 

    Joinvilense é a nona profissional de enfermagem a morrer após contrair coronavírus

    Para esta, não há uma meta numérica específica: os objetivos são oportunizar o acesso às vacinas, atualizar a situação vacinal, aumentar as coberturas vacinais e homogeneidade, diminuir a incidência das doenças imunopreveníveis e contribuir para o controle, eliminação e/ou erradicação dessas doenças.

    Prefeito Gean Loureiro ficará internado, informa hospital

    Brasil não bate meta das vacinas infantis desde 2015

    Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil não alcança as metas da maioria das 15 vacinas do calendário infantil desde 2015. No ano passado, nenhuma atingiu o número esperado. Em 2018, apenas a BCG e a vacina contra o rotavírus humano chegaram à meta, com 99,72% e 91,33% de cobertura, respectivamente — a meta para ambas era chegar a 90%.

    Até 2 de outubro deste ano, a taxa de imunização para a BCG estava em 63,88%, e para o rotavírus, a 68,46%. As informações foram divulgadas pela coordenadora-geral do Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, Francieli Fontana, durante a Jornada Nacional de Imunizações.

    Quem deve tomar a vacina contra a poliomielite:

    Crianças de com 1 ano completo a 4 anos, 11 meses e 29 dias.

    Saiba quais são as vacinas da Campanha de Multivacinação:

    Febre amarela Tríplice Viral (sarampo, caxumba e rubéola) dT (difteria e tétano) Meningocócica ACWY (doença meningocócica ACWY) HPV quadrivalente (HPV tipos 6, 11, 16 e 18) Poliomielite BGC (formas graves de tuberculose) Hepatite B Pentavalente (tétano, difteria, coqueluche, Haemophilus influenzae b e hepatite b) Rotavírus (diarreia por rotavírus) Pneumocócica 10 (doença pneumocócica invasiva para os 10 sorotipos) Meningocócica C (doença meningocócica C) Tetra Viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela) DTP (difteria, tétano e coqueluche) Hepatite A Varicela (catapora)

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas