nsc
hora_de_sc

Data

Dia do Meio Ambiente: 3 iniciativas sustentáveis em Florianópolis

Restaurante Lixo Zero, hospedagem sustentável e reciclagem de lixo são ações em destaque na Capital de Santa Catarina

05/06/2020 - 12h20

Compartilhe

Por Carolina Marasco
Compostagem da prefeitura de Florianópolis
Compostagem da prefeitura de Florianópolis
(Foto: )

Cuidar do meio ambiente é uma ação necessária além de ser lembrada no Dia do Meio Ambiente, nesta sexta-feira (5). Para marcar a data, separamos 3 iniciativas em Florianópolis que são sustentáveis e mostram como diferentes setores podem contribuir para a preservação do planeta.

Hospedagem sustentável

Na Lagoa da Conceição, em Florianópolis, é possível hospedar-se em uma pousada com diversas práticas sustentáveis. Desde os objetos escolhidos para a decoração, na Pousada Green, até algumas atitudes de armazenamento de água levam a sustentabilidade como objetivo.

O espaço conta com eletrodomésticos e equipamentos com baixo consumo de energia, captação e reutilização da água da chuva, telhas com embalagens tetrapak e reuso de toalhas. Além de todas essas ações, a pousada compromete-se em ajudar na preservação da Lagoa da Conceição. Recentemente, manchas no local despertaram a curiosidade e revelaram poluição no espaço.

Cidade Lixo Zero

Como exemplo de gestão dos resíduos sólidos, Florianópolis recebe destaque entre as cidades brasileiras. Através de um decreto da prefeitura municipal, a cidade pretende chegar a ser 100% sustentável. A ação prevê a redução de R$ 15,8 milhões em gastos com aterro sanitário com a destinação correta dos resíduos.

> Incêndios florestais deixam rastro de destruição na vegetação de SC

O decreto ainda tem como meta a redução de envio de 60% de lixo seco e de 90% de lixo orgânico para os aterros sanitários da região. Com isso, a capital conquistou o Prêmio Lixo Zero, do Instituto Lixo Zero Brasil e tornou-se uma das referências nacionais no tema.

Restaurante sem lixo

No restaurante Origem, em Florianópolis, os clientes comem com talheres de bagaço de cana-de-açúcar, tomam sucos servidos em pote de conservas reutilizados, e podem ter certeza que o espaço tem ausência total de plástico. Todas essas ações fizeram com que o espaço recebesse o certificado de primeiro restaurante do país a ser “Lixo Zero”.

Para conquistar o certificado, o estabelecimento precisou se adequar a uma série de rotinas que garantissem a produção de apenas 10% de rejeitos. Ou seja, pelo menos 90% do lixo deve ser desviado do aterro sanitário e ser destinado corretamente.

> 10 alimentos para reforçar o sistema imunológico

O restaurante foi o primeiro no Brasil a atingir o marco e hoje produz apenas 9% de rejeitos. Além de eliminar plásticos e materiais descartáveis, o estabelecimento busca alternativas ao uso de utensílios do dia a dia na cozinha, como uma esponja feita a partir de rede de pesca para substituir a tradicional esponja de lavar louças.

Colunistas