A Polícia da Pensilvânia, nos Estados Unidos, usou o material genético encontrado em um copo de café para solucionar um assassinato cometido há 46 anos. David Sinopoli foi preso pela morte de Lindy Sue Biechler. O crime aconteceu em 1975, quando ela tinha 19 anos.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

“O caso foi resolvido com o uso de DNA e especificamente a genealogia do DNA e, honestamente, sem isso, não sei se teríamos solucionado”, declarou Heather Adams, promotora do condado de Lancaster, em entrevista.

Ex-Power Rangers vai para “corredor da morte” nos EUA

O caso

Biechler foi encontrada morta pelos tios em seu apartamento no dia 5 de dezembro de 1975. A jovem estava com uma faca encravada no pescoço. As investigações da época apontaram que Biechler sofreu 19 facadas.

Continua depois da publicidade

*Leia mais no Metrópoles, parceiro do NSC Total

Leia também

“O meu coração está despedaçado”, diz Andressa Urach

Elenco da 6ª temporada de Black Mirror é revelado: veja

Destaques do NSC Total