nsc

Covid-19

Dos 19 vereadores em Joinville, apenas um não tomou vacina contra Covid-19

Presidente da Câmara de Joinville afirmou que “gostaria que todos estivessem vacinados”; vacinação é a principal responsável pela queda no número de mortes causadas pelo coronavírus no Brasil

22/10/2021 - 16h07 - Atualizada em: 22/10/2021 - 16h28

Compartilhe

Jean
Por Jean Patrick
Por Yan Pedro
Vacina contra Covid 19
Em Joinville, 48% da população geral está com o ciclo de imunização completo.
(Foto: )

Apenas um dos 19 vereadores em Joinville não se vacinou contra a Covid-19, doença que na cidade já tirou a vida de quase 2 mil pessoas. A reportagem da CBN Joinville checou as informações na Lista de Vacinados Covid-19 Joinville, que está disponível no site da Prefeitura desde a publicação da Lei 9.933 de 26 de abril de 2021. A lista conta com atualização diária das pessoas vacinadas na cidade.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O parlamentar ainda não vacinado é Wilian Tonezi (Patriota). De acordo com o presidente da Câmara, Maurício Peixer (PL), não há no momento nenhuma lei que impeça o vereador não vacinado de frequentar as sessões. Conforme os dados atualizados pelo Governo do Estado, 428.507 pessoas já foram vacinadas em Joinville até o dia 22 de outubro.

Especialistas afirmam que vacina é segura e eficaz

A pesquisadora científica Natalia Pasternak, em comentário na Rádio CBN na última quinta-feira (21) sobre as vacinas do futuro, reafirmou a segurança e eficácia dos imunizantes contra a doença que já matou mais de 600 mil pessoas no Brasil.

- Vacina que foi feita em uma emergência sanitária não é sinônimo de vacina experimental. Todas as vacinas aprovadas para Covid-19, no mundo, são muito boas, seguras e eficazes. Se elas não fossem seguras e eficazes, não teriam sido aprovadas - esclareceu a pesquisadora.

A infectologista Sabrina Sabino ressalta ainda que as vacinas existentes no mundo hoje têm comprovação científica. 

- Existe comprovação científica, sim, dos efeitos benéficos dos efeitos da vacinação, assim como os efeitos colaterais, que são extremamente raros e geralmente são efeitos benignos - afirma Sabino.

Sabino lembra que a diminuição dos casos ativos está relacionada à vacinação em massa. “Estamos comprovando que a vacinação em massa funciona para diminuição dos casos ativos, mas mais importante nos casos de internação e mortes”, analisou a infectologista.

Em Joinville, 48% da população geral está com o ciclo de imunização completo. No estado, 54% dos catarinenses já tomaram as duas doses ou dose única.

Gostaria que todos estivessem vacinados”, diz presidente da Câmara de Vereadores

Presidente da Câmara de Vereadores, Maurício Peixer (PL) diz que entende “que cada um é livre, tem liberdade de escolha” em resposta à escolha por um vereador em não se vacinar.

 - Eu gostaria que todos estivessem vacinados, pois assim também protege a todos - defendeu o parlamentar.

Peixer também comentou se o vereador não vacinado teria alguma restrição de atuação na CVJ.

- Hoje não há lei alguma que os impeçam de trabalhar. Se houver algum decreto ou legislação do Governo do Estado orientando neste sentido, iremos seguir. Mas no momento eu não posso impedir - disse o vereador, que na resposta enviada à reportagem da CBN Joinville destacou a ação da Câmara joinvilense na cobrança por mais vacinas.

Contraponto

Único a não tomar a vacina até o momento, o vereador Wilian Tonezi disse ser “apoiador da vacinação voluntária” e afirmou que “quem quiser se vacinar deve ter seu direito de acesso à vacina garantido”.

Colunistas