nsc

Buscando o Hexa

"É inexplicável", diz goleiro do JEC Futsal às vésperas de disputar Copa do Mundo pela Seleção Brasileira

Willian conversou com a CBN Joinville e comentou preparação para o Mundial que vai ser disputado na Lituânia

26/08/2021 - 13h09 - Atualizada em: 27/08/2021 - 15h47

Compartilhe

Jota
Por Jota Deschamps
goleiro do Jec
Goleiro Willian, do JEC/Krona Futsal, vai para sua primeira Copa do Mundo.
(Foto: )

Vestir a camisa da Seleção Brasileira é privilégio para poucos. Estar entre os convocados para uma Copa do Mundo, então, é algo ainda mais restrito. Aos 26 anos, o goleiro Willian, do JEC/Krona Futsal disse estar vivendo um sonho por estar no grupo que vai tentar o hexacampeonato para o Brasil na Copa do Mundo FIFA de Futsal. O Mundial que será disputado na Lituânia entre 12 de setembro e 3 de outubro vai ser o primeiro do camisa 3 do Tricolor das quadras. Antes do embarque da delegação para a Polônia, onde o Brasil faz quatro amistosos antes da Copa, Willian conversou com a CBN Joinville nesta quinta-feira (26) e não escondeu a felicidade pelo momento que está vivendo.

— Era um sonho que eu tinha de estar nesse grupo. É uma experiência incrível. Saber que você está representando uma nação é algo espetacular [...]. É inexplicável — comentou o goleiro.

Willian, que é natural de Jaraguá do Sul e está há nove temporadas defendendo o JEC/Krona Futsal, foi escolhido como um dos dez melhores goleiros do mundo em 2020. No mesmo ano, foi eleito o melhor goleiro da Liga Nacional de Futsal e ainda apontado como o jogador com mais defesas na competição. Chegar à Seleção Brasileira era um objetivo antigo, que agora coroa um trabalho de toda uma carreira.

— É um sentimento muito diferente, é o ápice da carreira de um atleta você poder representar o Brasil ainda mais em um campeonato mundial — destacou. 

Quem comanda o time brasileiro é o joinvilense Marquinhos Xavier, que convocou - além de Willian - os goleiros Djony, do Magnus Sorocaba, e Guitta, do Sporting-POR. A tendência é que arqueiro do time português continue ocupando a posição de titular do Brasil, mas Willian destacou que está aproveitando todas as oportunidades para mostrar seu trabalho e, se necessário, vai estar preparado para entrar em quadra e contribuir da melhor maneira possível com o time brasileiro. O goleiro do JEC/Krona Futsal ainda frisou que, apesar da disputa pela mesma posição, trabalhar com atletas de tão alto nível é sempre oportunidade de aprender.

— Eu vim pra cá com o propósito de ganhar muita experiência — apontou. 

Willian não é o único jogador do Tricolor das quadras na Seleção. O JEC/Krona Futsal está na Seleção com três representantes. Além do arqueiro, o pivô Dieguinho e ainda o preparador físico do clube, João Carlos Romano, estão na delegação que vai tentar o hexa para o Brasil.

Goleiro Willian (esq), preparador físico João Carlos Romano (centro) e pivô Dieguinho, são os representantes do JEC/Krona Futsal na Seleção Brasileira.
Goleiro Willian (esq), preparador físico João Carlos Romano (centro) e pivô Dieguinho, são os representantes do JEC/Krona Futsal na Seleção Brasileira.
(Foto: )

Neste ano, pela primeira vez na história, a Seleção de Futsal está sob o guarda-chuva administrativo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A mudança ocorreu no início de 2021 e a Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), que sofre com problemas financeiros, passou a cuidar apenas do registro de atletas e organizar competições. Já as Seleções - tanto masculina quanto feminina - passaram a ser geridos pela CBF. Por isso toda a preparação para a Copa do Mundo da Lituânia está sendo feita com o grupo de jogadores utilizando as estruturas da entidade máxima do futebol nacional. 

A apresentação dos atletas, exames médicos, testes físicos e fotos oficiais da delegação brasileira foram realizadas na Granja Comary, em Teresópolis-RJ. Além disso, os trabalhos com bola da Seleção são feitos na Arena Carioca, dentro do Parque Olímpico no Rio de Janeiro. Já os trabalhos de academia são realizados no complexo de academias da CBF. O goleiro Willian revelou que durante a estada do grupo na Granja, pôde conhecer o ex-jogador Branco, que atualmente é o coordenador das categorias de base da Seleção. Além disso, comentou também que a estrutura é realmente diferenciada.

— É algo de outro mundo mesmo, é algo espetacular — resumiu.

Antes de chegar à Lituância, o Brasil viaja neste sábado (28) para a Polônia onde vai disputar quatro amistosos, dois contra os donos da casa e dois contra a Sérvia. Presente no Grupo D, a Seleção estreia na Copa do Mundo FIFA de Futsal dia 13 de setembro contra o Vietnã. Ainda na primeira fase, a Seleção enfrenta a República Tcheca e o Panamá, dias 16 e 19 de setembro, respectivamente. Maior campeão do torneio, o time brasileiro tenta levantar o troféu pela sexta vez na era FIFA.

Além da convoção para o Mundial, o goleiro Willian também tem motivos de sobra para comemorar fora das quadras. Ao lado da esposa Rafaela, o casal anunciou recentemente que ela está grávida do primeiro filho do casal. O jogador revelou que 2021 tem sido bastante intenso com tudo que tem vivido.

— Esses últimos dois meses foram só emoção — frisou.

O goleiro deu detalhes de como tem sido os treinos com a Seleção Brasileira, falou da expectativa em relação aos adversários e ainda sobre as mudanças que a paternidade já vem provocando em sua vida. Abaixo, você pode ouvir na íntegra a conversa do goleiro Willian Dorn com Jota Deschamps e Fernando Gonçalves no CBN Mais. 

O programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 11h ao meio-dia, na CBN Joinville.

Colunistas