nsc
nsc

Por dentro do EAD

EAD é pra mim? Organização e autogestão para quem pensa em um curso a distância 

Em meio à pandemia, EAD vem se concretizando como opção para quem quer estudar 

29/07/2020 - 14h03 - Atualizada em: 31/07/2020 - 08h43

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
EAD é pra mim? Organização e autogestão para quem pensa em um curso a distância
(Foto: )

Em época de isolamento social, devido à pandemia do novo coronavírus, o ensino a distância, que já vinha se expandindo no Brasil, está cada vez mais presente na vida dos estudantes. Em junho deste ano, o Ministério da Educação prorrogou a autorização para aulas a distância no ensino superior até o dia 31 de dezembro. Dessa forma, muitos que cursavam ensino presencial tiveram que se adaptar ao ensino a distância e, em alguns casos, o que era uma opção passou a ser a única possibilidade para continuar os estudos.

Para a professora da UNIASSELVI e mestra em Ciências Ambientais, Camila Pedro Guimarães, a educação precisa estar preparada para essa nova realidade.

— É conveniente enxergar o momento como uma oportunidade e colocar em prática estratégias que permitam aos acadêmicos darem continuidade no que eles mais desejam: se capacitar para fazer a diferença no mercado — afirma.

Ensino a distância traz vantagens

Apesar de alguns alunos ainda serem resistentes quando o assunto é o ensino a distância, esta modalidade de ensino proporciona algumas vantagens quando comparada à presencial. As principais delas podem ser resumidas com uma dupla bem conhecida: tempo e dinheiro. Dinheiro porque as aulas a distância costumam ter valores mais acessíveis do que os das aulas presenciais e tempo porque boa parte do ensino a distância pode ser planejado conforme a rotina do próprio aluno.

Isso agregado às tecnologias da informação e aos aplicativos que são colocadas à disposição do acadêmico possibilitam novas oportunidades para o ensino.

— As redes que são ofertadas para conexão com os professores são ferramentas que possibilitam chegar a regiões periféricas e interiores pelos estados brasileiros, fornecendo aprendizado e rompendo barreiras físicas — acrescenta Camila.

A servidora pública Rosilda Corrêa é graduada em Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos pela UNIASSELVI. O curso tecnólogo, com duração de dois anos e meio, foi realizado com o uso das aulas a distância. Ela conta que foi o primeiro curso que fez sem ser totalmente presencial e que, depois disso, cursos online viraram um hábito, devido à descoberta de todas as possibilidades que a modalidade permite.

Rosilda conta ainda que assim que começou seu curso, no ano de 2013, ela também nutria uma certa desconfiança sobre a efetividade do aprendizado do ensino a distância.

— A hesitação deu lugar à credibilidade quando percebi os benefícios das aulas online e toda a atenção dos tutores. As aulas eram oferecidas através de um Ambiente Virtual de Aprendizagem, com aulas presenciais uma vez por semana. Compreendi que, assim como nas aulas presenciais diárias, o desempenho dependia apenas da minha dedicação — relata.

O que é preciso para ter sucesso no ensino a distância

Para um aluno se adaptar ao ensino a distância é preciso primordialmente organização e autogestão de tempo. O acadêmico EAD deve organizar tanto seus horários quanto seu espaço de estudos, tornando-os ideais para o momento de estudo.

Além disso, é importante prezar pelo tempo de qualidade para o estudo. Dessa forma, não adianta deixar tudo para a última hora, pois revezar entre o descanso e o estudo gera um aprendizado de maior qualidade.

— O aluno precisa colocar dentro de sua rotina diária o compromisso daquele dia de encontro com professor e, além disso, ousar aprender a usar as ferramentas tecnológicas de conexão e estudo, como ainda ter o hábito de praticar o estudo e não ficar com dúvidas — explica Camila, que ministra encontros semanais do curso de Gestão Ambiental da UNIASSELVI

Instituições devem estar preparadas para o ensino a distância

Segundo estudo realizado pelo conselheiro da Associação Brasileira de Educação a Distância, em tempos de coronavírus, 77% das instituições optaram por adotar o ensino remoto emergencial ao invés de suspender as aulas. Dessas, 87,2% das instituições de ensino que adotaram o ensino remoto na época de pandemia já tinham experiência prévia com o ensino em EAD.

Isso mostra que as instituições que oferecem o ensino em EAD estão mais preparadas para as novas demandas da educação.

— É preciso estar preparado para dispor de ferramentas, ações e resiliência para acompanhar as fases de transformação e desenvolvimento do mundo e amparar estes anseios humanos. Esta fase de pandemia possibilita a todos que estão atuando nas instituições, desde diretores, gestores, secretários e professores, reinventar-se e inovar — explica a professora Camila.

Ensino semipresencial em época de pandemia

Na modalidade de ensino semipresencial da UNIASSELVI, por exemplo, os tutores externos, como Camila, atuam em contato direto com o acadêmico em encontros semanais durante todo o curso letivo. O objetivo deste tipo de modalidade é fazer com que o aluno se sinta conectado à instituição de ensino, mesmo quando estiver tendo aulas a distância.

— A palavra distância nos remete ao espaço, entretanto, por mais que estejamos em locais físicos diferentes, a UNIASSELVI busca manter professores e acadêmicos conectados para o aprendizado e a disseminação do conhecimento, através do que temos hoje como tecnologias digitais, redes e mídias sociais, onde efetivamos uma relação de atenção, ensino e orientação ao acadêmico — garante Camila.

> Cursos de graduação a distância trazem novas perspectivas para enfrentar a crise Agora, em tempo de pandemia, a instituição manteve os encontros semipresenciais com o auxílio ainda maior das tecnologias, com tutores ao vivo em aulas virtuais. Por meio de celulares, tablets, computadores e notebooks, os alunos ficam conectados nos respectivos horários de aula e podem agendar encontros de orientação, dando sequência aos estudos.

A UNIASSELVI possui um dos EADs mais conceituados do país e, há mais 15 anos, oferece cursos com uma metodologia exclusiva, desenvolvida para proporcionar uma experiência de ensino com mais proximidade e eficiência.

​Acesse o site da instituição e encontre o curso EAD que vai ajudar a impulsionar a sua carreira.

Colunistas