nsc
dc

Lista de bens

Patrimônio de candidatos a prefeito em Chapecó varia de R$ 52 mil a R$ 2 milhões

Juntos, bens declarados pelos candidatos ao TSE somam R$ 4,9 milhões

29/09/2020 - 11h06 - Atualizada em: 29/09/2020 - 11h12

Compartilhe

Por Guilherme Simon
Chapecó
Vista aérea da cidade Chapecó, no Oeste catarinense
(Foto: )

Os sete concorrentes a prefeito de Chapecó nas Eleições 2020 declararam patrimônios que variam entre R$ 52 mil e mais de R$ 2 milhões. Juntos, os bens dos candidatos à prefeitura da maior cidade do Oeste catarinense somam R$ 4,9 milhões. As declarações foram entregues ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

> Em site especial, saiba tudo sobre as Eleições 2020 em SC​

No topo da lista, está o candidato Cláudio Vignatti (PSB). O ex-deputado federal declarou R$ 2 milhões em bens. Entre eles, está um apartamento em Chapecó avaliado em R$ 563 mil. O patrimônio inclui ainda R$ 592 mil em crédito decorrente de empréstimo, R$ 324 mil em participação societária em empresa e um veículo Nissan avaliado em R$ 102 mil.

Em segundo, também com patrimônio milionário, aparece o candidato Marcio Sander (PSDB), com R$ 1,2 milhão em bens declarados. Dois apartamentos em Chapecó, um deles avaliado em R$ 455 mil e outro em 260 mil, um jeep com valor declarado de R$ 105 mil e quase R$ 100 mil em espécie constam no patrimônio do tucano.

O candidato Professor Antônio (PSOL) é o terceiro entre os com maior patrimônio declarado. O candidato psolista possui R$ 784 mil em bens declarados. Entre eles, estão um terreno em Chapecó avaliado em R$ 250 mil, um apartamento de R$ 115 mi e um trator agrícola no valor de R$ 68 mil.

> Eleições 2020 Chapecó: João Rodrigues e Vignatti polarizam horário eleitoral

Com cerca de 151 mil eleitores cadastrados, Chapecó tem o quinto maior eleitorado de Santa Catarina. As eleições municipais em 2020 serão para a escolha de prefeitos e vereadores. O primeiro turno está marcado para o dia 15 de novembro e o segundo turno, para cidades com mais de 200 mil eleitores, será no dia 29 de novembro. 

Confira o patrimônio declarado de cada candidato

Cleiton Márcio Fossá (MDB) - R$ 581.012,02

João Rodrigues (PSD) - R$ 213.655,17

Leonardo Granzotto (Patriota) - R$ 52.241,70

Luciane Stobe (PTB) - R$ 67.531,45

Marcio Sander (PSDB) - R$ 1.248.750,00

Professor Antônio (PSOL) - R$ 784.981,01

Vignatti (PSB) - R$ 2.023.375,46

Colunistas