O PSTU de Florianópolis definiu a professora Gabriela Santetti como candidata a prefeita da Capital nesta segunda-feira (7). A homologação da decisão ocorreu em convenção virtual, por meio da plataforma Google Meet, com a presença dos membros do diretório municipal, dos pré candidatos e de filiados. 

Continua depois da publicidade

> Em site especial, acompanhe tudo sobre as eleições municipais 2020

Com isso, o PSTU consolidou a indicação de chapa própria sem coligação e Diogo Leal será o candidato a vice-prefeito. Na convenção, o partido definiu ainda o teto de gastos da campanha no valor de R$ 20 mil, sendo R$ 15 mil para a chapa majoritária e R$ 5 mil para candidatura proporcional.

> Eleições 2020: data, prazos e regras do calendário eleitoral

Gabriela Santetti é mestre em educação pela UFSC e atua como professora de história. Ela foi candidata a prefeita e a deputada federal pelo PSTU nas últimas eleições, de 2016 e 2018. Diogo Leal é militante negro e trabalhador do município de Florianópolis.

Continua depois da publicidade

Segundo o partido, a proposta da chapa é apresentar um programa socialista para Florianópolis, apresentando um programa de emergência contra a crise econômica e para minimizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus. O lançamento das pré candidaturas aberto para militantes filiados e apoiadores ocorrerá em 18 de setembro, às 19 horas, em formato de live pelo Facebook.

Leia também: > Qual é o papel do vereador?

Destaques do NSC Total